Notícias | Dia a dia | US Open
Sensação americana surpreende e encara Djokovic
04/09/2021 às 21h41

Nova York (EUA) - Jenson Broosky, nova esperança norte-americana com apenas 20 anos, continua sua surpreendente ascensão no circuito. Pouco conhecido do grande público antes da temporada de verão, o agora número 99 do ranking derrotou nesta noite o russo Aslan Karatsev, cabeça 21, em cinco sets e parciais de 6/2, 3/6, 2/6, 6/3 e 6/3. De quebra, devolveu a derrota sofrida para o mesmo Karatsev na 1ª rodada de Roland Garros.

Em seu quarto Grand Slam da curta carreira, o garoto de 1,93m será assim o adversário do tricampeão Novak Djokovic nas oitavas de final de segunda-feira, em jogo que promete super lotar o estádio Arthur Ashe.

Brooksby era basicamente um jogador de torneios challengers, com três títulos no ano, até chegar a Newport, onde alcançou sua primeira final de ATP. Depois foi a Washington e iniciou uma série de vitórias espetaculares sobre Kevin Anderson, Frances Tiafoe, Felix Auger-Aliassime e John Millman e só foi perder na semi para o eventual campeão Jannik Sinner.

Isso o levou para o top 100 e garantiu o convite para o US Open, onde já tirou Mikael Ymer, Taylor Fritz e agora Karatsev. Dono de estilo agressivo, Brooskby chamou a atenção para seus lances descontraídos, ótima movimentação e explosões emocionais, comemorando ruidosamente os bons lances.

No jogo desta noite, viveu altos e baixos diante de Karatsev, que por sua vez surpreendeu o circuito com semifinal no Australian Open de fevereiro. Brooksby não foi tão eficiente com o primeiro saque - 63% de acerto e 66% de pontos vencidos - e fez muito menos winners (22 a 58), porém foi também mais econômico nos erros (36 a 61).

Com os 180 pontos já somados, ele saltará mais 20 posições no ranking. Sem poder jogar durante todo o ano de 2020 por conta de uma lesão no pé e também pela pandemia, iniciou esta temporada como 310º do ranking.

Comentários