Notícias | Dia a dia | US Open
Tsitsipas diz que Alcaraz brigará por Slam no futuro
04/09/2021 às 09h10

Nova York (EUA) - Em uma das partidas mais espetaculares da sexta-feira em Flushing Meadows, o grego Stefanos Tsitsipas acabou eliminado da competição ainda na terceira fase, superado por um bravo Carlos Alcaraz, que jogou um tênis incrível e derrubou o número 3 do mundo em batalha de cinco sets. O espanhol jogou tão bem que foi bastante elogiado pelo rival.

“Eu disse que ele pode ser um candidato aos títulos do Grand Slam”, afirmou o grego, que se impressionou com o grande desempenho de Alcaraz. “Ele começou muito bem no primeiro set. Sua velocidade de bola era incrível, nunca vi alguém bater com tanta força. Demorei para me ajustar e desenvolver meu jogo em resposta ao que ele estava apresentando”, analisou Tstsipas.

O que mais surpreendeu o grego foi a consistência de Alcaraz. “Eu estava devolvendo bem fundo e tentando aplicar pressão, mas não sabia o quão maus duro tinha que bater para conseguir pressioná-lo. Mas sinto que ele lidou muito bem com isso, acertou bolas vencedoras logo após minhas devoluções. Foi surpreendente, especialmente no quinto set”, comentou.

“Não esperava que ele subisse tanto de nível, especialmente depois de ter perdido o quarto set daquela forma. Ele era um jogador completamente diferente. Não sei quanto o fisioterapeuta o ajudou, mas parecia ser outro jogador”, observou o número 3 do mundo, que lamentou a derrota principalmente depois de ter aplicado um ‘pneu’ na quarta parcial.

“É meio amargo, especialmente depois de um quarto set tão incrível do meu lado, dominador, bastante agressivo e não pensando no passado. Ele é jovem, lutou muito e nunca desiste. Tive minhas oportunidades no terceiro set e as perdi. Sinto que se tivesse vencido aquele set, não sei se ele teria cabeça para manter a mesma e a atitude”, falou o grego.

Tsitsipas reforçou a forma como o rival espanhol lidou com a pressão no jogo e falou que agora precisa tirar lições para o futuro. Ele também comentou as vaias que mais uma vez recebeu durante o jogo, principalmente quando saiu de quadra entre os sets para ir ao banheiro trocar de roupa, desta vez demorando bem menos que nos jogos anteriores.

"Não vou fingir que todos me amam. Minha intenção não é ser amado por todos. Cada pessoa pode escolher seu jogador favorito, escolher um lado. Eu ouvi as vaias, mas meio que as ignorei. Posso ter demorado um pouco mais do que outros atletas, mas não há uma regra sobre o tempo”, disse Tsitsipas mais uma vez, voltando também a pontuar que vários jogadores estouram o tempo entre os saques e ninguém faz nada.

Comentários