Notícias | Dia a dia | US Open
Aliassime vence batalha de 5 sets e enfrenta Tiafoe
04/09/2021 às 03h19

Nova York (EUA) - O canadense Felix Auger-Aliassime está pelo segundo ano seguido nas oitavas de final do US Open. O número 15 do ranking obteve uma grande vitória nesta noite em cima do experiente Roberto Bautista, que não se entregou após perder os dois primeiros sets e esticou o jogo o máximo que pôde. As parciais foram de 6/3, 6/4, 4/6, 3/6 e 6/3.

Com a presença de seu orientador Toni Nadal no box, Aliassime tentará no domingo repetir as quartas de final de Wimbledon de dois meses atrás, quando surpreendeu Alexander Zverev. Aos 21 anos, o canadense atingiu sua 15ª vitória em 24 partidas de nível Grand Slam da curta carreira. Ele tem um histórico especial no US Open, já que foi campeão juvenil de 2016 em cima do grego Stefanos Tsitsipas, hoje 3º do mundo.

O adversário de Aliassime nas oitavas de final será o norte-americano Frances Tiafoe, 50º do ranking, que surpreendeu o número 7 do mundo Andrey Rublev em uma batalha de cinco sets, com parciais de 4/6, 6/3, 7/6 (8-6), 4/6 e 6/1 em 3h45. Aliassime e Tiafoe jamais se enfrentaram no circuito. O norte-americano de 23 anos também chega às oitavas pela segunda vez seguida. Foi a sexta vitória contra top 10 na carreira de Tiafoe e a terceira no ano.

Grande início
Aliassime fez um primeiro set quase impecável, mesclando saques primorosos com firmeza nas trocas da base, onde mostrou solidez e agressividade. Obteve quebra no quarto game, evitou o único break-point que permitiu em seguida e fechou o set num game perfeito de serviço. Ao longo do set, venceu 14 dos 17 lances em que acertou o primeiro saque.

O canadense prosseguiu superior em todo o segundo set. Deixou escapar 15-40 no terceiro game e outra chance no quinto, mas acabou concretizando a vantagem essencial num longo nono game, em que pressionou com devoluções bem feitas. Novamente, fechou sem perder ponto. Desta vez, foram 10 aces, o dobro do que obtivera no set anterior.

Bautista reage e aperta
A chance de uma vitória mais rápida surgiu com quebra logo no terceiro game do terceiro set, mas em seguida Aliassime falhou pela primeira vez no serviço. Daí em diante, Bautista elevou o nível e diminuiu os erros, com ótima movimentação na base. Levou o terceiro e quarto sets sempre com muitas trocas de bola e excelente cobertura de quadra.

A quebra logo no quarto game do quinto set se mostraria essencial para o canadense. Ele sustentou a vantagem até o fim, mas passou por grande aperto quanto sacava com 4/2, tendo de evitar três break-points sempre com serviços muito potentes e bem colocados. Fechou a partida com 17 aces, 82% de pontos vencidos com o primeiro saque e 77 winners (contra 17) mas também 74 erros (frente a 31). Foi ainda 65 vezes à rede e ganhou 60% dos lances.

Comentários