Notícias | Dia a dia | US Open
Evans erra apenas 8 vezes e marca virada incrível
03/09/2021 às 18h51

Nova York (EUA) - Ousado jogador de 1,75m que é grande adepto do jogo de rede, o britânico Daniel Evans marcou uma incrível vitória no final desta tarde para chegar pela primeira vez às oitavas de final do US Open. Depois de perder os dois primeiros sets para o australiano Alexei Popyrin, ele reagiu e venceu no tiebreak do quinto set, com parciais de 4/6, 3/6, 6/3, 6/4 e 7/6 (7-1).

O mais notável é que Evans terminou a partida de 4h03 e de 310 pontos disputados com apenas oito erros não forçados, um deles dupla falta. Ele já tem 13 sets disputados nestas três primeiras rodadas, com vitórias de 3 a 1 sobre Thiago Monteiro e Marcos Giron, e fará agora duelo inédito contra o número 2 do mundo Daniil Medvedev.

Aos 31 anos e número 27 do ranking, duas posições pior que seu recorde pessoal, Evans sequer tinha ranking em abril de 2018, vindo de suspensão por uso de cocaína. Em fevereiro deste ano, enfim conquistou seu primeiro ATP, em Melbourne, e pouco depois derrotou Novak Djokovic em Monte Carlo.

Popyrin saiu atrás do jogo, mas viu brechas no serviço do britânico e somou quatro quebras para abrir grande vantagem. Mas Evans - que na quinta-feira abandonou a partida de duplas contra Marcelo Demoliner ao sentir um desconforto muscular - subiu de nível e se animou de vez ao obter a primeira quebra no sexto game do terceiro set. O australiano perdeu o ritmo do saque, mas devolvia bem e assim o quarto set viu cinco quebras até enfim Evans prevalecer.

O quinto set só viu um break-point que Evans evitou com saque firme e a definição foi ao tiebreak. Aí o australiano jogou muito mal e entregou com dupla falta. Evans marcou então a segunda virada de 0-2 da carreira e a quarta vitória em 10 jogos de cinco sets. Curiosamente, também possuía desempenho negativo em tiebreaks na temporada de 7 em 17 antes deste jogo.

Treinado pelo argentino Sebastian Prieto, Evans havia falhado nas três tentativas anteriores em que chegou à terceira rodada no US Open. Sua única presença em oitavas de Slam havia sido no Australian Open de 2017.

Comentários