Notícias | Dia a dia | US Open
Muguruza bate Azarenka em jogo bastante disputado
03/09/2021 às 15h51

Nova York (EUA) - Um dos grandes jogos da boa terceira rodada da chave feminina do US Open, o duelo de ex-número 1 do mundo entre Garbiñe Muguruza e Victoria Azarenka entregou o que se esperava, foi muito disputado e definido apenas no terceiro set. Nova favorita, a espanhola levou a melhor sobre a bielorrussa com placar final de 6/4, 3/6 e 6/2, depois de 2h17 de batalha.

O próximo embate da espanhola também não será nada fácil, já que ela terá pela frente nas oitavas de final a tcheca Barbora Krejcikova, campeã de Roland Garros neste ano, que bateu a russa Kamila Rakhimova sem grandes sustos, marcando parciais de 6/4 e 6/2.

Azarenka começou melhor na partida e chegou a abrir 2/0 no primeiro set, mas teve a quebra devolvida já no terceiro game e no nono perdeu o saque mais uma vez. Contudo, ela não se abateu e teve novo grande início na segunda parcial, chegando a marcar 4/0 com dois breaks de vantagem. Muguruza tentou reagir, mas não fez o suficiente e o jogo ficou empatado.

No terceiro e decisivo set, a espanhola fez valer o melhor ranking no momento. Atual 10 do mundo, ela deslanchou no final e anotou duas quebras seguidas sobre a 19ª colocada Azarenka para sair de 2/2 e fechar o jogo com 6/2. A vitória de Muguruza desempatou o retrospecto entre as duas, ficando agora com vantagem de 3 a 2.

Halep também supera jogo duro

Outra ex-número 1 do mundo que esteve em ação no começo desta sexta-feira foi a romena Simona Halep, que não teve vida fácil diante da cazaque Elena Rybakina, precisando de 2h23 para superar sua terceira rival na competição. A cabeça de chave 12 levou a melhor em três sets, com o placar final de 7/6 (13-11), 4/6 e 6/3.

Halep deverá encarar um desafio ainda maior na próxima rodada, quando tem tudo para desafiar a ucraniana Elina Svitolina. Contudo, para esse duelo de oitavas se concretizar, a quinta pré-classificada precisa antes fazer valer o favoritismo em um interessante confronto com a russa Daria Kasatkina, cabeça de chave 25.

Comentários