Notícias | Dia a dia | US Open
Monfils ganha torcida e enfrenta Sinner na 3ª rodada
02/09/2021 às 21h12

Nova York (EUA) - Um dia depois de completar 35 anos, o francês Gael Monfils deu outro passo de recuperação na sua temporada e está na terceira rodada do US Open mais uma vez. Em jogo bem disputado, conseguiu ganhar simpatia até mesmo da torcida americana na vitória sobre Steve Johnson, por 7/5, 4/6, 6/4 e 6/4.

Seu próximo adversário é o jovem italiano Jannik Sinner, que entrou como cabeça 13 e venceu com algum trabalho o convidado norte-americano Zachary Svajda, por 6/3, 7/6 (7-2), 6/7 (6-8) e 6/4. Os dois duelaram em 2019, com vitória de Sinner em Antuérpia e de Monfils em Viena, ambos piso sintéticos cobertos.

Agora número 20 do ranking, o ex-top 6 francês venceu apenas o nono jogo em toda a temporada em 21 partidas disputadas. Seu histórico no US Open é considerável: foi semifinalista em 2016 e atingiu três vezes as quartas, em 2010, 2014 e 2019.

Monfils, que havia vencido todos os três duelos anteriores contra Johnson, conseguiu o único break-point de todo o set inicial e saiu na frente. Chegou a ter 4/2 no segundo set antes de Johnson ganhar quatro games seguidos em grande reação.

Com boas devoluções, Monfils voltou a sair na frente no terceiro set e desta vez manteve a vantagem até o fim, mesmo com apenas 41% de acerto do primeiro saque, o que o forçou a salvar dois break-points. Sempre acrobático e esforçado, Monfils deixou escapar quatro chances de quebra num longo terceiro game e voltou a ter mais três chances no quinto, quando obteve a quebra e aí caminhou para a vitória sobre muitos aplausos do público. Para comemorar, deu passos de dança.

Esperança americana de 18 anos, Svajda é apenas 716º do mundo mas deu trabalho a Sinner num duelo de base em que os dois tiveram de trabalhar muito com o segundo saque. Svajda chegou a ter 5/2 e sacou para fechar o segundo set, mas falhou e foi dominado no tiebreak. Voltou a quebrar antes do terceiro set, Sinner reagiu desta vez em seguida e empatou no quarto game.

O jogo seguiu bem duro e, mesmo oferecendo 15-40 no 5/6, Svajda jogou com coragem e salvou os dois match-points. Empurrado pela torcida, levou ao quarto set, trocou quebras e só se entregou na reta final, exigindo 3h33 de esforço do italiano, que totalizou 57 winners e 58 erros não-forçados.

Sinner disputa US Open pela terceira vez, mas nas duas tentativas anteriores parou logo na primeira rodada.

Comentários