Notícias | Dia a dia | US Open
Holandês que enfrentará Djoko quase perdeu US Open
02/09/2021 às 09h44

Nova York (EUA) - Próximo adversário do sérvio Novak Djokovic no US Open, em duelo válido pela segunda rodada do torneio, o holandês Tallon Griekspoor por pouco não ficou de fora do último Grand Slam da temporada por problemas no visto para entrar nos Estados Unidos, mas conseguiu resolver as pendências, superou a estreia em Nova York e agora irá desafiar o número 1 do mundo.

“Disseram-me que era praticamente impossível disputar o torneio. Tive problemas com a embaixada na Holanda por causa da Covid e não tive muito tempo para me preparar. Na segunda-feira passada tinha decidido esquecer tudo, tanto que na terça e na quarta já estava treinando no saibro. Mas na quinta recebi um e-mail da USTA dizendo que estava inscrito sem problemas”, contou o holandês.

Mesmo depois de tudo isso, Griekspoor conseguiu superar a estreia em Flushung Meadows, batendo de virada o alemão Jan-Lennard Struff para então encarar Djokovic. “É muito louco. Vai ser um jogo muito difícil. Possivelmente será o maior desafio como tenista que tive até então, jogar contra o Novak em quadra dura. Será no Arthur Ashe, o maior estádio de tênis do mundo”, falou.

“Quando você é uma criança e treina muito para ser um tenista, sonha com coisas assim. Vai ser um jogo muito difícil e complicado, mas vou realmente aproveitar a experiência”, complementou o holandês, atual 121 do mundo, que perdeu o único jogo que já fez contra um top 10, neste ano em Wimbledon contra o alemão Alexander Zverev.

Griekspoor mostrou grande respeito pelo sérvio. “A maneira como ele está no topo do tênis há tanto tempo. Nadal e Federer já estavam lá, mas Novak apareceu e destruiu todos os recordes. Ele tem sido um jogador tão sólido ao longo dos anos que é incrível. É uma lenda deste esporte e terei que jogar no meu melhor nível e ter um pouco de sorte se quiser ter alguma chance”, observou o holandês.

Comentários