Notícias | Dia a dia | US Open
Norte-americanos têm melhor começo em 27 anos
01/09/2021 às 11h46

Nova York (EUA) - Muito questionado por não conseguir emplacar um tenista de grande destaque no circuito masculino, chegando a ficar sem um top 30 na ATP, o tênis norte-americano teve ao menos um começo de US Open bastante promissor. Com a vitória de Taylor Fritz no fim da terça-feira, o desempenho dos atletas da casa em Nova York foi o melhor em 27 anos.

Ao todo foram 13 os norte-americanos que superaram a primeira rodada na chave masculina de simples, o maior número na competição desde os 15 vitoriosos no US Open de 1994. Outra boa notícia é que desses, somente um tem 30 anos ou mais e sete estão abaixo dos 25.

Destaque também para a importância do universitário na formação dos profissionais dos Estados Unidos. Dos 13 que superaram a primeira rodada em Flushing Meadows, seis deles passaram por universidades do país.

Os norte-americanos que passaram pela estreia no US Open são: Zach Svajda (18 anos), Jenson Brooksby (20), Brandon Nakashima (20), Taylor Fritz (23), Frances Tiafoe (23), Reilly Opelka (24), Maxime Cressy (24), Ernesto Escobedo (25), Mackenzie McDonald (26), Jack Sock (28), Marcos Giron (28), Denis Kudla (29) e Steve Johnson (31).

Comentários