Notícias | Dia a dia | US Open
Monteiro não mantém nível até o fim e cai na estreia
30/08/2021 às 15h46

Nova York (EUA) - Mais uma vez o cearense Thiago Monteiro não foi páreo para o britânico Daniel Evans, que nesta segunda-feira voltou a levar a melhor para cima do brasileiro, agora na primeira rodada do US Open, com uma vitória por 3 sets a 1, marcando parciais de 6/3, 6/7 (6-8), 6/4 e 6/1, depois de 3h29 de jogo. Esta foi a terceira vitória do 27 do mundo sobre o brasileiro em três embates, repetindo Sydney e Barcelona (ambos em 2017).

Cabeça de chave 24, Evans terá agora pela frente o vencedor da partida entre o norte-americano Marcos Giron, atual 64 do mundo, e o francês Antoine Hoang, 150º colocado no ranking da ATP e que entrou na chave principal do último Grand Slam da temporada através do qualificatório.

Os três primeiros sets da partida foram bastante equilibrados e apenas no quarto é que Evans acabou deslanchando. O britânico começou melhor e com seu estilo agressivo de jogo conseguiu pressionar os saques de Monteiro na parcial inicial, deixando escapar um break-point no quarto game e mais dois no sexto, até conseguir a quebra no oitavo.

No segundo set, o brasileiro foi mais firme e chegou a abrir 4/1 de vantagem depois de conseguir uma quebra no quarto game. Evans reagiu e devolveu o break no sétimo, perdendo ainda uma chance de quebra no nono antes de ver a definição ir para o tiebreak, no qual Monteiro chegou a salvar um set-point com o saque, até fazer 8-6 e empatar o duelo.

A partida seguiu parelha na terceira parcial, com o cearense levando a melhor nas disputas mais longas e Evans vencendo os pontos em que tentava encurtar, principalmente com suas subidas à rede. A definição veio só na reta final, com uma quebra solitária no décimo e último game, quando Monteiro sacava em 4/5 pressionado pelo rival.

Monteiro sentiu o momento e o britânico se aproveitou para largar com tudo no quarto set, conseguindo duas quebras consecutivas para fazer 5/0. Jogando um nível abaixo, o canhoto de Fortaleza não sustentou os pontos mais longos e foi presa fácil para o rival. Ele venceu seu game de saque no sexto, evitou o ‘pneu’, mas não fez nada além e a vitória ficou com Evans.

Os números do jogo mostram leve vantagem de Evans, que anotou 10 bolas vencedoras a mais (45 a 35) e quatro erros não forçados a menos (26 a 30). Ele também terminou com 74% de aproveitamento na rede, vencendo 37 pontos em 50 subidas. Monteiro só conseguiu somar mais aces que o britânico (9 a 7) e empatou nas duplas faltas com três para cada lado.

Comentários