Notícias | Dia a dia | US Open
Murray treina com Djoko, mas não mostra otimismo
29/08/2021 às 09h27

Nova York (EUA) - Mais uma vez, o escocês Andy Murray foi um dos parceiros de treino do número 1 Novak Djokovic. Os dois bateram bola numa quadra secundária neste sábado em Flushing Meadows e depois disputaram oito games no estádio principal, com vitória do sérvio por 5/3, segundo a imprensa britânica.

Murray no entanto não mostrou otimismo para sua campanha no US Open, torneio em que foi campeão em 2012, então seu primeiro troféu desse quilate. Desde a primeira cirurgia no quadril, em 2017, não ganhou mais do que dois jogos em Flushing Meadows, tendo ainda perdido a edição de 2019.

"Nada vai mudar muito entre hoje e segunda-feira, então minhas expectativas são bastante baixas", afirmou Murray, que tem a duríssima estreia diante do grego Stefanos Tsitsipas na tarde de segunda-feira.

"Da forma que estou jogando agora, não espero ter um caminhada mais longa no torneio, a menos que algo mude muito". O ex-número 1 deixou o top 100 em junho de 2018 e jamais retornou. Conseguiu entrar diretamente no US Open, mas nesta semana ocupa o 114º posto.

Comentários