Notícias | Dia a dia
Monteiro salva 3 match-points e supera a estreia
22/08/2021 às 21h05

Monteiro conseguiu sua primeira vitória desde Roland Garros

Foto: Arquivo

Winston-Salem (EUA) - A estreia de Thiago Monteiro no ATP 250 de Winston-Salem foi com resultado bastante positivo. O número 1 do Brasil e 94º do mundo superou o australiano James Duckworth, 69º colocado, por 6/4, 4/6 e 7/6 (7-5) em 2h34 de partida neste domingo. Durante a difícil partida deste domingo, Monteiro escapou de três match-points.

A vitória também encerra uma incômoda sequência para Monteiro, que não vencia desde Roland Garros. Ele havia superado o argentino Francisco Cerundolo na primeira rodada, antes de cair para o norte-americano Steve Johnson na fase seguinte. O cearense de 27 anos tem agora 12 vitórias em chaves principais de ATP na temporada, além de mais uma no quali do Masters 1000 de Roma.

Duelo com Goffin na segunda rodada do torneio
Na segunda rodada, Monteiro enfrenta o belga David Goffin, cabeça 2 do torneio e número 19 do mundo. Eles já se encontraram apenas uma vez no circuito, no duelo Bélgica e Brasil pela Copa Davis de 2016, quando Goffin levou a melhor em sets diretos, em partida disputada em quadra dura e coberta no país europeu.

Duckworth vinha em boa fase no circuito
Superado por Monteiro neste domingo, Duckworth está com o melhor ranking da carreira aos 29 anos e vem de uma ótima campanha no Masters 1000 de Toronto. No Canadá, o australiano veio do quali e derrotou Taylor Fritz e Jannik Sinner até ser superado pelo número 2 do mundo Daniil Medvedev nas oitavas de final.

Bom desempenho nos break-points para Monteiro
Monteiro disparou 9 aces na partida e salvou 10 dos 11 break-points que enfrentou. No primeiro set, entretanto, ele não teve o serviço ameaçado e cedeu apenas seis pontos em seus games de saque. Além disso aproveitou a única chance de quebra que teve. O segundo set também teve apenas uma quebra, obtida por Duckworth já no último game da parcial.

O último set também foi inteiramente sem quebras, mas Monteiro teve o serviço constantemente ameaçado. Logo no quarto game da parcial, reverteu um 0-40 e ainda salvou mais um break-point. Já quando perdia por 5/4, salvou os match-points antes de confirmar o serviço para forçar o tiebreak. O cearense não teve chances de quebra no último set e começou atrás no tiebreak, perdia por 4-3 e saque, mas venceu cinco dos últimos seis pontos para conseguir uma grande vitória.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG