Notícias | Dia a dia
Zverev arrasa, mantém escrita e já tem 5 Masters
22/08/2021 às 18h44

Zverev segue sem nunca ter perdido um set sequer contra Rublev no circuito

Foto: Western & Southern Open

Cincinnati (EUA) - O quinto encontro entre Alexander Zverev e Andrey Rublev no circuito terminou novamente com uma vitória do alemão. Zverev manteve a escrita de nunca ter perdido um set sequer para o rival e conquistou o Masters 1000 de Cincinnati, ao vencer a final deste domingo por 6/2 e 6/3 em apenas 59 minutos de partida. Este é o 17º da carreira profissional de Zverev, sendo o quinto Masters 1000.

O título de Cincinnati é inédito na carreira de Zverev, que já havia disputado o torneio seis vezes e nunca passado da estreia. Os primeiros títulos de Masters 1000 da carreira do alemão de 24 anos foram em Roma e no Canadá em 2017, e depois ele também foi campeão saibro de Madri tanto em 2018 quanto este ano.

Com cinco títulos de Masters 1000, ele se iguala a Gustavo Kuerten, Boris Becker, Jim Courier, Marcelo Rios, Andy Roddick e Marat Safin. As próximas metas são igualar os sete de Michael Chang e os oito de Thomas Muster. Apenas quatro jogadores em atividade têm mais títulos deste porte que Zverev e o recorde de 36 títulos é dividido por Novak Djokovic e Rafael Nadal, seguidos por Roger Federer com 28 e Andy Murray com 14.

Zverev chega a 11 vitórias seguidas desde Tóquio
Campeão olímpico em Tóquio há três semanas, Zverev chega a 11 vitórias seguidas no circuito. Na atual temporada, ele já acumula 38 vitórias e quatro títulos. Além disso, irá ultrapassar Rafael Nadal no ranking e assumir a quarta posição. Com isso, fica apenas uma posição abaixo do melhor ranking da carreira, que foi o 3º lugar, alcançado em novembro de 2017.

A vitória deste domingo também marca a grande recuperação que Zverev teve ao longo do torneio, especialmente depois de uma desgastante semifinal contra Stefanos Tsitsipas no último sábado. O alemão sofreu com problemas físicos durante a partida de 2h41 e perdia o último set por 4/1, mas conseguiu definir a disputa no tiebreak do terceiro set para chegar à final.

Rublev ainda persegue o primeiro Masters
Já o vice-campeão Rublev continua a busca por seu primeiro Masters 1000. Sétimo colocado no ranking mundial, o jovem jogador de 23 anos tem oito títulos no circuito da ATP. Na atual temporada, já havia sido finalista no saibro de Monte Carlo. No último sábado, conseguiu uma vitória inédita contra o também russo Daniil Medvedev, número 2 do ranking.

Vantagem foi construída logo cedo na partida
Não demorou para que Zverev abrisse larga vantagem no placar. Com um início de partida arrasador, o alemão conseguiu duas quebras seguidas logo de cara e já estabeleceu 4/0. Ele não enfrentou break-points no primeiro set e cedeu apenas três pontos em seus games de serviço. A parcial teve 27 minutos e Zverev fez sete winners e apenas dois erros não-forçados.

O jogo continuou tranquilo demais para o alemão, que conseguiu outras duas quebras no segundo set e fez 5/1. Rublev até venceu dois games no fim do jogo, mas não evitou a derrota. O russo fez mais winners 18 a 16, mas cometeu 19 erros contra só 6 do alemão.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva