Notícias | Dia a dia
Vitória inédita dá confiança a Rublev para a final
22/08/2021 às 13h25

Rublev finalmente conseguiu superar Rublev pelo circuito profissional

Foto: Western & Southern Open

Cincinnati (EUA) - Finalista do Masters 1000 de Cincinnati, Andrey Rublev chega bastante confiante para a final deste domingo, em busca do maior título da carreira. Afinal, o russo de 23 anos e número 7 do mundo conseguiu finalmente derrotar o compatriota Daniil Medvedev, vice-líder do ranking, na semifinal do último sábado. Até então, Medvedev havia vencido todos os duelos anteriores entre eles no circuito profissional, quatro por torneios da ATP e um em challenger.

"Medvedev é um daqueles jogadores que não dão a você a chance de atacar. Mas se eu tiver força suficiente e escolher o momento certo, posso fazê-lo correr. No final, estava tentando encontrar o momento perfeito para começar a ser mais agressivo para abrir os ângulos", disse Rublev, após a vitória por 2/6, 6/3 e 6/3. "Foi uma vitória muito importante, porque para vencer o Daniil não basta jogar bem. Você precisa estar fisicamente pronto, porque você terá que correr muito e terá que jogar muitos ralis longo. Quase não haverá pontos livres. Você também tem que ser mentalmente forte".

"Então, para vencer o Daniil, você tem que fazer essas três coisas muito bem. É que bom que hoje eu fiz isso, e fui bem tanto em termos de jogo, quanto no físico e mental. Talvez em algumas partidas eu possa não ser bom mental e fisicamente, mas fazia ótimas jogadas, era o suficiente para vencer às vezes. Ou às vezes talvez meu jogo não era muito bom, mas estava mentalmente focado e foi o suficiente para ganhar. Mas aqui você precisa mostrar todas as três coisas. Estou feliz por ter mostrado tudo isso hoje", acrescentou o russo, que enfrenta o alemão Alexander Zverev na final. Ele nunca venceu Zverev, tendo perdido os quatro duelos anteriores.

O russo também falou sobre um game de 15 minutos que eles disputaram no segundo set, quando ele finalmente conseguiu quebrar o serviço do rival. "Naquele momento, senti que foi o ponto decisivo para nós dois, porque estava muito úmido e muito quente. Aquele game em que jogamos tantos ralis ótimos, ralis longos. Pude sentir que o Daniil já estava um pouco cansado, porque às vezes cometia erros que normalmente não cometia".

Outro incidente da partida foi o choque de Medvedev com uma câmera no fundo da quadra. "Acho que é uma situação difícil. Quando você está correndo, pode bater às vezes no árbitro ou na cadeira que fica ao seu lado. Aqui aconteceu de o Daniil bater na câmera. É claro que nesses momentos é muito perigoso porque algo pode acontecer. Mas espero, em primeiro lugar, que esteja tudo bem com ele, espero. Pelo jeito que ele estava jogando, parece que nada sério aconteceu. Nós não nos falamos ainda, mas espero que Daniil esteja saudável e esteja pronto para Nova York".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva