Notícias | Dia a dia
Orlandinho: 'Não consegui acompanhar o ritmo'
16/08/2021 às 08h32

Orlandinho começou muito bem, mas acabou levando a virada na final em San Marino

Foto: JC Sports Pics

San Marino (San Marino) - O gaúcho Orlando Luz concluiu sua melhor semana da carreira na noite deste domingo com o vice-campeonato no challenger de San Marino, evento com premiação de 66 mil euros, jogado no saibro. Atual 311 do mundo, ele foi superado na final de virada pelo jovem dinamarquês Holger Rune, de 18 anos e 191 do mundo, com parciais de 1/6, 6/2 e 6/3.

"Muito feliz com o resultado, minha primeira final, obviamente triste de ter perdido a final, ter escapado por pouco. Ele jogou muito bem, soube mudar o jogo quando foi preciso. Minha parte física foi um problema hoje, depois de tantos jogos e tantas semanas jogando, não consegui acompanhar o ritmo depois do primeiro set”, lamentou o gaúcho.

“Agora é focar e recuperar pois terça-feira começa de novo, tênis é assim, toda semana uma chance nova. Vamos firme para Verona agora e manter essa confiança", disse Orlandinho, que disputou sua primeira final em challenger e que nesta segunda-feira alcançará seu melhor ranking de simples da carreira.

A semana já havia sido positiva com a vaga inédita no top 100 de duplas após uma série de três títulos em quatro finais nos quatro torneios anteriores. O tenista de 23 anos disputa a partir desta terça-feira o challenger de Verona, na Itália, com premiação de 44 mil euros. Ele estreia contra o cabeça de chave 2, o cazaque Dmitry Popko.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva