Notícias | Dia a dia
Giorgi não imaginava que poderia sair com o título
15/08/2021 às 21h16

Montréal (Canadá) - Campeã do WTA 1000 de Montréal, sua maior conquista da carreira, a italiana Camila Giorgi não fez cerimônias e garantiu que não imaginava que poderia conquistar o título antes do torneio começar. Para sua sorte, ela mostrou um grande tênis nesta semana, inclusive na final deste domingo, em que bateu a tcheca Karolina Pliskova com parciais de 6/3 e 7/5.

“Não acreditava nem um pouco nisso”, contou a italiana de 29 anos. “Acho que este bom resultado vem depois de todo o trabalho por trás dele. Meu pai é meu treinador, temos trabalhado muito nos últimos tempos para poder viver um momento como este. Acho que mais cedo ou mais tarde o meu momento viria e ele chegou aqui em Montréal”, comemorou Giorgi.

"Vinha jogando tênis de bom nível há várias semanas, mas foi aqui que a boa notícia veio na forma de títulos. É incrível, realmente. Uma pena que meu pai não possa ter vivido isso ao vivo comigo. Temos estado em contato durante todos esses dias pelo Facetime. Espero que ele possa participar dos próximos torneios. Trabalhamos juntos há 25 anos e eu acho que ele merecia viver este momento comigo”, destacou.

Giorgi também falou sobre a luta com as lesões que encarou recentemente. “Não posso acreditar que esteja acontecendo comigo. Nos últimos anos não tive a oportunidade de disputar muitos jogos desse tipo devido a lesões. Agora que me sinto bem fisicamente, espero continuar essa boa dinâmica de resultados”, afirmou a italiana, que faturou seu terceiro título da carreira.

“É incrível poder voltar a vencer um torneio e fazê-lo em uma disputa com essas características. Estou muito empolgada. Sou uma jogadora que não costuma mostrar muito o que sente. Vocês não conseguem imaginar o quão feliz estou por dentro. Foi uma semana fantástica”, finalizou a campeã do WTA 1000 de Montréal.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG