Notícias | Dia a dia
Pegula tem grande virada, Giorgi tira Gauff nas quartas
14/08/2021 às 00h14

Pegula chegou a ficar a um game da eliminação, mas superou Ons Jabeur em três sets

Foto: Omnium Banque Nationale

Montréal (Canadá) - A rodada noturna desta sexta-feira pelo WTA 1000 de Montréal definiu as duas últimas semifinalistas da competição. Apesar do favoritismo de Coco Gauff e Ons Jabeur, as classificadas para a próxima fase foram a italiana Camila Giorgi e a norte-americana Jessica Pegula. Ambas lutam por uma final inédita em torneios dessa magnitude. Pegula lidera o histórico de confrontos por 3 a 1.

Giorgi eliminou Gauff com parciais de 6/4 e 7/6 (7-2). A italiana de 29 anos e 71ª do mundo tem dois títulos de WTA no circuito e tenta alcançar sua nona final na carreira. Sua melhor posição no ranking foi o 26º lugar, alcançado em outubro de 2018. De quebra, devolveu a Gauff, jovem de 17 anos e número 24 do mundo, a recente derrota sofrida no saibro de Parma.

Durante o primeiro set, Giorgi não precisou ser tão agressiva em quadra, tanto que só fez quatro winners, mas sacou muito bem e não enfrentou break-points, enquanto Gauff teve o serviço ameaçado em seis ocasiões, permitindo uma quebra. O segundo set foi de mais altos e baixos, já que a italiana sacou duas vezes para o jogo e a norte-americana salvou dois match-points para forçar o tiebreak. Mas os erros da norte-americana, especialmente no game-desempate, custaram caro. Gauff fez 12 a 10 em winners, e terminou o jogo com 26 erros não-forçados, um a mais que a rival.

Logo na sequência, foi a vez de Jessica Pegula avançar na competição. A número 30 do mundo superou Jabeur, 22ª colocada, após uma virada incrível, com parciais de 1/6, 7/6 (7-4) e 6/0 em 1h28 de partida. Jabeur chegou a sacar para o jogo quando liderava o segundo set por 5/4, mas não aproveitou a chance e também não foi bem no tiebreak. Já na parcial decisiva, Pegula só perdeu nove pontos, quatro no próprio saque, e conseguiu três novas quebras. No placar de winners, a tunisiana fez 20 a 13 e terminou a partida com 33 erros contra 30 da rival.

O duelo entre Giorgi e Pegula começa às 19h (de Brasília). A primeira semifinal será às 14h entre duas integrantes do top 10, a número 3 do mundo Aryna Sabalenka e a sexta colocada Karolina Pliskova. Apesar de Sabalenka liderar o histórico de confrontos por 2 a 1, Pliskova a melhor na semifinal de Wimbledon entre elas.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG