Notícias | Dia a dia
Andreescu sofre, mas consegue vencer a primeira
11/08/2021 às 01h34

Andreescu é a atual campeã em Montréal e espera por Kasatkina ou Jabeur

Foto: Omnium Banque Nationale

Toronto (Canadá) - A estreia de Bianca Andreescu no WTA 1000 de Montréal foi mais difícil do que o início do jogo indicava. Depois de dominar as ações no set inicial, a atual campeã do torneio e número 8 do mundo foi bastante exigida pela britânica Harriet Dart, 152ª do ranking, mas venceu por 6/1, 3/6 e 6/3 em 2h02 de partida nesta terça-feira.

Andreescu foi muito superior durante o primeiro set, conseguindo impor seu tênis agressivo e partindo para a definição dos pontos. Ela conseguiu três quebras, fez mais que o dobro de winners na parcial, 14 a 6, e cometeu os mesmos sete erros da rival. No segundo set, entretanto, Dart mostrou um jogo extremamente sólido do fundo de quadra e não dava nada de graça. Em uma parcial com apenas uma quebra, a britânica cometeu apenas quatro erros contra 13 da canadense.

A parcial decisiva também começou melhor para Dart, que prevaleceu em alguns games longos e foi a primeira a quebrar para fazer 2/1. Houve uma breve paralisação por chuva, sem que as jogadoras precisassem sair de quadra. Com maior peso de bola, Andreescu tentou ditar o ritmo dos pontos a partir das devoluções e seguiu jogando de forma agressiva. Com isso, conseguiu duas novas quebras para reverter o placar e vencer o jogo. A canadense fez 35 a 20 em winners, e cometeu 35 erros contra 17 da rival.

A adversária de Andreescu nas oitavas virá da partida entre a russa Daria Kasatkina e a tunisiana Ons Jabeur. Finalista em San Jose no último domingo, Kasatkina estreou nesta terça e venceu a croata Petra Martic por 7/5 e 6/3. Por sua vez, Jabeur havia atuado na última segunda e vencido a francesa Clara Burel por 6/1 e 6/3.

Collins mantém embalo desafia Halep nesta quarta
Campeã nos torneios de Palermo e San Jose nas últimas semanas, a norte-americana Danielle Collins deu continuidade à boa fase e marcou sua 11ª vitória seguida no circuito. Agora 28ª do ranking, Collins superou a suíça Jil Teichmann por 4/6, 6/1 e 6/3. Ela desafiará a romena Simona Halep, bicampeã do torneio em 2016 e 2018.

Enquanto Collins vem de uma boa sequência de vitórias no circuito, Halep disputa seu primeiro torneio desde maio, recuperada de uma grave lesão na panturrilha. A romena levou a melhor no único duelo anterior contra a norte-americana, disputado na primeira rodada do US Open de 2014. O reencontro acontece nesta quarta-feira às 20h (de Brasília).

Azarenka avança com grande atuação

No jogo que encerrou a rodada desta quarta-feira, Victoria Azarenka teve uma grande atuação para superar Sorana Cirstea e também garantir seu lugar nas oitavas. A número 15 do mundo precisou de apenas 1h14 para marcar um duplo 6/2. Foram 19 winners e apenas 11 erros não-forçados para a ex-líder do ranking, que conseguia ditar os pontos com seu forehand, mas também exibiu uma ótima consistência defensiva quando precisava. Ela conseguiu cinco quebras de serviço e salvou nove dos dez break-points que enfrentou.

Esta foi a quarta vitória de Azarenka em cinco jogos contra Cirstea no circuito. De quebra, ela devolveu a recente derrota sofrida para a romena em Wimbledon. A experiente bielorrussa de 32 anos espera pela vencedora entre a grega Maria Sakkari e a russa Veronika Kudermetova.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva