Notícias | Dia a dia
Kyrgios começa bem, mas cede a virada a Opelka
10/08/2021 às 00h53

Kyrgios não passou da estreia de um torneio pela segunda semana seguida

Foto: National Bank Open

Toronto (Canadá) - Durou apenas uma partida a participação de Nick Kyrgios no Masters 1000 de Toronto. Convidado para a disputa no Canadá, o australiano até teve um bom início de partida, mas permitiu a virada ao norte-americano Reilly Opelka, 32º do ranking, que marcou as parciais de 4/6, 7/6 (7-4) e 6/4 em 1h57 de partida. Opelka já volta a atuar nesta terça-feira e enfrenta o búlgaro Grigor Dimitrov, 21º do mundo, por volta das 22h (de Brasília). O confronto entre eles será inédito no circuito.

Esta foi a segunda eliminação seguida de Kyrgios em uma estreia, repetindo o que havia acontecido na semana passada em Washington. Antes disso, o australiano também atuou em Atlanta, há duas semanas, e parou nas oitavas de final. Ex-número 13 do mundo e vencedor de seis títulos de ATP, o jogador de 26 anos aparece atualmente apenas no 80º lugar do ranking. Desde o início da pandemia no ano passado, ele tem disputado poucos torneios, priorizando locais onde as condições favoreçam seu jogo e que tenham presença de público.

Kyrgios fez um primeiro set impecável em seu saque, visto que não enfrentou break-points. E apesar de Opelka ter perdido apenas seis pontos em seu serviço, o australiano conseguiu aproveitar a única chance de quebra que teve para vencer a parcial. Os dois jogadores terminaram o set com nove winners cada um, mas Kyrgios cometeu apenas quatro erros contra dez do adversário.

Segundo set teve marcação controversa
O segundo set seguiu inteiramente sem quebras e foi definido apenas no tiebreak, apesar de Kyrgios ter escapado de dois break-points. Durante o game desempate, o australiano questionou um possível toque na rede do jogador adversário, o que faria Opelka perder um ponto, mas a árbitra francesa Aurelie Tourte não identificou irregularidade no lance. Opelka fechou a parcial no tiebreak, tendo feito 23 a 10 em winners no set, com direito a 11 aces.

Na abertura do terceiro set, Kyrgios teve que reverter um 0-40 antes de confirmar o serviço. Mas o australiano voltaria a ter o saque pressionado por Opelka, que conseguiria a quebra dois games mais tarde para já abrir 3/1. Implacável em seu serviço, o norte-americano só perdeu cinco pontos no saque durante o último set. Kyrgios até salvou um match-point em seu serviço, quando já perdia por 5/3, mas não evitaria a derrota dois games mais tarde. Opelka liderou com folga a estatística de winners por 45 a 27, além de ter feito 22 a 16 em aces. O norte-americano cometeu só três erros a mais, 26 contra 23 de Kyrgios.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva