Notícias | Dia a dia
Collins sofre, mas ergue segundo troféu seguido
08/08/2021 às 22h44

San Jose (EUA) - A norte-americana Danielle Collins precisou de sete match-points para fechar a partida e erguer seu segundo troféu consecutivo. Desta vez, faturou o WTA 500 de San Jose, o primeiro preparativo importante para o US Open, ao derrotar a russa Daria Kasatkina com parciais de 6/3, 6/7 (10-12) e 6/1.

Collins chegou a ser semifinalista do Australian Open, mas não tinha ainda conquistado um WTA na carreira até que enfim venceu há duas semanas o torneio de Palermo, sobre o saibro. A boa sequência a levará de volta ao número 28 do ranking, cada vez mais perto de seu recorde pessoal, que foi o 23º justamente depois da campanha inesperada em Melbourne de dois anos atrás.

A final contra Kasatkina teve momentos de dramaticidade. A norte-americana foi muito superior no primeiro set, com uma incrível contabilidade de 21 a 1 em winners. Voltou a quebrar no terceiro game do segundo set e sustentou a vantagem até sacar com 5/4. No game anterior, teve os dois primeiros match-points.

A decisão foi ao tiebreak e aí a russa disparou no placar com 4-0 e 5-2, mas pouco a pouco foi se enrolando, cedeu a virada e Collins teve mais três chances de fechar a partida não aproveitadas. Um erro fatal levou o jogo ao terceiro set e, após trocas de quebra, Collins enfim retomou a supremacia, ainda que tenha precisado de mais dois match-points antes de concluir.

Depois de iniciar a temporada fora do top 70 do ranking, Kasatkina iniciou grande recuperação, já ganhou dois torneios e marcou dois vices, somando 30 vitórias. Ela não vencia torneios desde 2018. Chegou em San Jose como 35ª e será agora 27ª.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva