Notícias | Dia a dia
Brooksby volta a encantar e garante lugar na semi
06/08/2021 às 17h10

Jenson Brooksby, de 20 anos, será top 100 após a boa campanha em Washington

Foto: Peter Staples/Citi Open

Washington (EUA) - A sequência de grandes atuações de Jenson Brooksby no ATP 500 de Washington teve mais um capítulo nesta sexta-feira, quando o jovem norte-americano de 20 anos marcou sua quarta vitória consecutiva e chegou sem perder sets à semifinal do torneio. Brooksby superou o australiano John Millman, experiente jogador de 32 anos e 43º do ranking, por 6/1 e 6/2.

Durante 1h07 de partida, Brooksby disparou três aces, enfrentou apenas um break-point e pressionou constantemente o saque de seu adversário, conquistando cinco quebras. Além disso, tem chamado atenção mais uma vez por sua grande variedade de recursos técnicos.

O ex-número 1 do mundo Andy Murray foi um dos que se encantaram com o jogo do jovem norte-americano. "Jenson Brooksby é o tipo de jogador que adoro assistir. Muita variedade e inteligência tática, é ótimo na defesa... Seus slices e voleios de backhand são quase idênticos aos de Florian Mayer", avaliou o britânico, por meio de suas redes sociais.

Ao longo da semana em Washington, Brooksby também já passou pelo sul-africano Kevin Anderson, pelo norte-americano Frances Tiafoe e pelo canadense Felix Auger-Aliassime. Sempre por dois sets a zero. O norte-americano foi destaque nos torneios de nível challenger no primeiro semestre, ao conquistar três títulos e um vice em competições deste porte. Foram 23 vitórias e apenas três derrotas.

O primeiro resultado de destaque de Brooksby em nível ATP foi uma final na grama de Newport em julho. Antes disso, tinha apenas uma vitória na elite do circuito, conquistada no US Open de 2019. Outro dado que chama atenção é o fato de o norte-americano ter ficado mais de um ano sem jogar, e não disputar nenhum torneio em 2020, por uma lesão no pé.

Já em 2021, considerando todos os níveis de competição, acumula 38 vitórias e apenas sete derrotas. Ele iniciou a temporada no 310º lugar do ranking, aparece atualmente na 130ª posição e será top 100 após o torneio.

O adversário de Brooksby na semifinal de Washington virá da partida entre o italiano Jannik Sinner, 24º do mundo, e o norte-americano Steve Johnson, 81º colocado. Ambos seriam adversários inéditos em sua carreira profissional no circuito.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva