Notícias | Dia a dia
'A coisa mais dolorida é não jogar', afirma Nadal
06/08/2021 às 09h10

Washington (EUA) - O espanhol Rafael Nadal viveu mais um jogo de altos e baixos, em que o serviço não funcionou a contento, e se despediu do ATP 500 de Washington ainda nas oitavas de final, superado pelo número 50 do ranking Lloyd Harris. O número 3 do mundo, que voltou a sentir o pé esquerdo na estreia, viu evolução física e lamentou a queda.

"A coisa mais dolorida é não poder estar na quadra no dia seguinte", filosofou. "O lado positivo é que meu pé melhorou em relação ao dia anterior. Esta é sem dúvida a melhor notícia possível". Esse problema no pé esquerdo tirou o espanhol do circuito por dois meses, após a queda na semifinal em Roland Garros. Ele chegou a ficar 20 dias sem jogar tênis para tentar recuperar a lesão.

Quanto à derrota para Harris, o espanhol fez elogios ao adversário e acha que houve momentos em que jogou melhor do que na vitória de 3h05 sobre o norte-americano Jack Sock. "Tive minhas chances no terceiro set, mas o fato é que ele sacou muito bem e aí joguei mal o último game", reconheceu.

O espanhol chegou a ter um 0-40 na metade do terceiro set, mas o sul-africano escapou e aí perdeu o serviço no 10º game, o que foi fatal. "Você não pode cometer erros nos momentos importantes, e isso foi justamente o que aconteceu no último game. Estava um pouco nervoso, já que meu saque não estava trabalhando da forma correta".

Nadal garante que o problema no pé não interferiu. "Pude me mover bem melhor do que na véspera, então isso é muito importante, principalmente porque me mantém confiante e acreditando que é possível. Claro que ainda preciso progredir. Não tive dois meses fáceis, sequer pude treinar como gostaria, mas fiz de tudo para estar pronto e jogar aqui".

O próximo desafio já é na semana que vem, quando entra como cabeça 1 no Masters 1000 do Canadá, em Toronto, onde é o atual campeão. "Tenho que seguir em frente e aceitar os desafios, tentar aproveitar mais uma chance".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva