Notícias | Dia a dia
Zverev: 'Não há nada maior que os Jogos Olímpicos'
01/08/2021 às 10h31

Zverev venceu a final olímpica deste domingo e comemorou o maior título da carreira

Foto: ITF
Felipe Priante
De Tóquio, especial para TenisBrasil

Tóquio (Japão) - Mais novo campeão olímpico no tênis masculino, batendo o russo Karen Khachanov na final deste domingo, o alemão Alexander Zverev era só alegria após conseguir a maior conquista de sua carreira, que para ele não poderá ser superada por qualquer outro título, nem mesmo os de Grand Slam.

Não posso comparar isso aqui com nada no esporte e nem no tênis, vencer uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos é incrível, pois não jogamos apenas por nós mesmos, mas por um país inteiro. É uma sensação incrível”, afirmou o tenista de 24 anos e atual número 5 do mundo, que eliminou na semifinal o sérvio Novak Djokovic.

Zverev falou que o momento é de festa e reforçou considerar as Olimpíadas a maior conquista possível. Não quero falar sobre o próximo Grand Slam, acho que não há nada maior do que isso e quero aproveitar o momento. Não há nada melhor do que isso. Como já disse, jogamos pelo país e sei que muita gente lá da Alemanha está me apoiando assim como também todos os outros atletas”.

Questionado sobre o esvaziamento da competição, o alemão foi enfático: “Os melhores vieram, acho que o único que não veio foi Rafa (Nadal). Foi um dos torneios mais fortes do ano. Sei que alguns não vieram, mas repito que os melhores estavam aqui”, disse o alemão, um dos quatro top 5 que estava em Tóquio.

Ainda sem um título de Grand Slam, o alemão não se mostrou preocupado com isso e se posicionou em relação aos críticos que dizem que ele não tem uma carreira vitoriosa. “Tenho 16 títulos na carreira, conquistei essa medalha de outro, são quatro Masters 1000 e um ATP Finals”, enumerou o campeão olímpico.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio