Notícias | Dia a dia
Bencic supera oscilação e fatura o ouro para a Suíça
31/07/2021 às 11h31
Felipe Priante
De Tóquio, especial para TenisBrasil

Tóquio (Japão) - A suíça tem mais uma campeã olímpica no tênis e seu nome é Belinda Bencic. Na final deste sábado, a tenista de 24 anos superou as oscilações no duelo contra a tcheca Marketa Vondrosouva e conquistou seu título mais importante, vencendo os Jogos Olímpicos ao triunfar com o placar final de 7/5, 2/6 e 6/3, depois de 2h27 de confronto

Campeã neste sábado em simples, Bencic pode ainda conquistar o ouro também nas duplas, novamente encarando rivais tchecas. Ao lado de Viktorija Golubic, com quem bateu as brasileiras Luísa Stefani e Laura Pigossi nas semifinais, ela enfrentará as cabeças de chave 1 do torneio Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova.

Até então apenas três mulheres conseguiram vencer simples e duplas em uma mesma edição olímpica, todas norte-americanas. A primeira delas foi Helen Wills, em Paris 1924, e as outras duas foram as irmãs Williams, Venus em Sydney 2000 e Serena em Londres 2012.

O jogo foi marcado por altos e baixos das duas tenistas e as oscilações ficaram claras no placar. Bencic começou bem e venceu os dois primeiros games, mas depois perdeu os três seguintes levando duas quebras. A suíça conseguiu frear o bom momento de Vondrousova e empatou em 3/3. A igualdade seguiu até o 12º, quando a tcheca sacou mal, perdendo o game e o set.

Vondrousova não se abateu por sair atrás no placar e elevou seu tênis no segundo set. Ditando mais o ritmo do jogo, a tcheca abriu 2/0 na largada e não deu espaço para recuperação da suíça, que não teve um break-point sequer e ainda sofreu nova quebra antes de ver a adversária empatar o jogo e levar a definição para o terceiro.

Depois de passar um set inteiro jogando mais conservadora, Bencic voltou a atacar mais e deixou Vondrousova menos confortável em quadra. Novamente os altos e baixos marcaram o começo, com quatro quebras, duas para cada lado, em cinco games. O momento crucial veio no oitavo game, em que a tcheca sacou após atendimento médico da rival e foi quebrada. A suíça então foi ao serviço, salvou três breaks e fechou no segundo match-point que teve.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva