Notícias | Dia a dia
Medvedev elogia Djokovic e destaca o algoz Carreño
29/07/2021 às 14h29
Felipe Priante
De Tóquio, especial para TenisBrasil

Tóquio (Japão) - Segundo mais bem cotado ao título nos Jogos Olímpicos, o russo Daniil Medvedev não passou das quartas de final em simples. Sua derrota veio nesta quinta-feira diante do espanhol Pablo Carreño, que ficou com a vitória em sets diretos e depois recebeu elogios do atual número 2 do mundo.

“Com o nível que ele apresentou hoje, pode ganhar um Masters 1000 se perder um set. Não sei por que ele não joga sempre assim, mas o que posso dizer é que da minha parte eu tentei o máximo e ele apenas foi melhor do que eu”, afirmou o russo, destacando o grande desempenho que teve o espanhol na partida.

Outro que também foi elogiado por Khachanovv foi o sérvio Novak Djokovic, um dos principais responsáveis pela mudança de programação nos jogos no Ariake Tennis Park, mundando o começo da rodada de 11h para 15h (horário de Tóquio).

“Primeiramente, precisamos agradecer a Novak por ser o responsável por mudar o horário dos jogos. Eles queriam nos colocar para jogar às 11h de novo, mesmo com o que aconteceu com (Paula) Badosa ontem. Novak se esforçou para ajudar todos os jogadores. As condições estavam bem melhores hoje”, observou o russo.

Questionado sobre o desentendimento com o jornalista um dia antes, Medvedev evitou ir além. “Concordo completamente que possa ter sido uma questão de linguagem, mas até ontem sempre fui respeitoso e respondi às perguntas, mas aquela foi a primeira vez na minha vida. Acho que foi uma pergunta foi inadequada, assim como é inadequado quando eu quebro uma raquete, como hoje, e devo arcar com as consequências”, finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio