Notícias | Outros
Jovem do Instituto Patrícia Medrado vai estudar nos EUA
30/07/2021 às 09h52

Lucas Saone ganhou bolsa de 100% e vai estudar Engenharia Eletrônica.

Foto: Divulgação

São Paulo (SP) - Lucas Saone, um dos alunos-prodígio do Instituto Patrícia Medrado, de 18 anos, viajou na segunda-feira passada para os Estados Unidos, depois de ganhar bolsa de estudos de 100% para cursar faculdade nos Estados Unidos. Em fevereiro de 2020, quanto tudo começou, ele não imaginava que em tão pouco tempo alcançaria o objetivo. Mas graças à mentoria da ex-tenista universitária Viviane Marani, ao apoio do IPM e de sua família, Lucas é o mais novo aluno de Engenharia Eletrônica da Jacksonville State University, no Alabama.

Por dois anos, Lucas Saone terá bolsa de 100% na International House, onde desfrutará do ambiente acadêmico voltado para a integração entre os alunos e imersão na cultura local, compartilhando seu dia a dia com estudantes de mais de 20 países. Além da moradia, a instalação oferece infraestrutura completa com alimentação, salas de estudo, livros e espaço de lazer para os jovens. Ele deverá ficar nos Estados Unidos ao menos pelos próximos quatros anos.

No aeroporto, o jovem gravou um vídeo para se despedir e deixar um recado aos ex-colegas do Instituto Patrícia Medrado. “Foi um ano e meio me preparando para este momento, estudando todo fim de semana e dando duro ao longo da semana. Estou ansioso para ver o que tem do outro lado do continente e representar o Brasil, o Instituto Patrícia Medrado e todo mundo que passou por lá”, disse.

Antes mesmo de chegar nos Estados Unidos, Lucas já tem um trabalho à sua espera. Isso porque o jovem se inscreveu a uma vaga de emprego no escritório da própria faculdade e foi aceito poucos dias antes do embarque. Com isso, ele poderá conciliar os estudos com até 20 horas semanais de trabalho e bancar algumas despesas como materiais didáticos, alimentação e outros gastos.

Em pouco mais de cinco anos, Lucas Saone é o segundo aluno da organização fundada pela ex-top 50 do mundo a obter uma bolsa para estudar fora do país. Hoje já formado em Matemática e com 27 anos, Rafael Gonçalves foi o primeiro case de sucesso internacional do Instituto Patrícia Medrado e está prestes a finalizar seu mestrado em Engenharia Mecânica na Virgina Tech.

Diretora executiva do IPM, Medrado explica que o esporte é uma excelente ferramenta para fomentar sonhos e abrir portas para os garotos. “Muito mais do que formar atletas, que não é o nosso objetivo principal, utilizamos o tênis para desenvolver competências físicas, socio-emocionais e cognitivas para que o jovem saia daqui um cidadão melhor e preparado para a vida. Histórias como a do Lucas e do Rafael com certeza motivam novas crianças a seguirem os mesmos passos”, diz.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva