Notícias | Dia a dia
WTA refaz o calendário, mas Finals ainda é incerto
28/07/2021 às 15h35

O WTA 500 de Ostrava, na República Tcheca, retorna ao calendário em 2021

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Semanas depois de anunciar o cancelamento de praticamente todas as competições no continente asiático, a WTA divulgou nesta quarta-feira uma atualização em seu calendário para a reta final da temporada. Foram definidas as próximas paradas do circuito nos meses de setembro e outubro, período após o US Open. Entretanto, ainda não havia uma definição sobre data e local para o WTA Finals, incialmente marcado para a cidade chinesa de Shenzhen, mas que deverá ser levado para outra sede.

A entidade que comanda a elite do tênis feminino espera ter uma definição sobre o Finals nas próximas semanas e evitar que o evento seja cancelado pelo segundo ano seguido. Em 2020, o torneio entre as oito melhores da temporada não pôde ser realizado na China, em função da pandemia, e tampouco houve uma sede alternativa para o evento.

O calendário atualizado apresenta quatro novos torneios: em Portoroz (Eslovênia), Chicago (EUA), Tenerife (Espanha) e Courmayeur (Itália), assim como o retorno Indian Wells ao circuito após seu cancelamento em 2020. Eventos tradicionais como Moscou, Seul e Luxemburgo também estão de volta após ficarem fora da última temporada. Também foi mantido o WTA 500 de Ostrava, um dos últimos eventos no calendário do ano passado. 

Confira as datas dos novos torneios da WTA:
- Semana 37 (13 de setembro) - WTA 250 em Luxemburgo e Portoroz
- Semana 38 (20 de setembro) - WTA 500 em Ostrava e WTA 250 em Seul
- Semana 39 (27 de setembro) - WTA 500 em Chicago
- Semanas 40/41 (a partir de 4 outubro) - WTA 1000 em Indian Wells, que acontecerá ao longo de duas semanas com uma chave de 96 jogadores
- Semana 42 (18 de outubro) - WTA 500 Moscou e WTA 250 em Tenerife
- Semana 43 (25 de outubro) - WTA 250 em Courmayeur

"Esta última fase do calendário do circuito vai ampliar nossa oferta de torneios este ano para mais de 50 eventos", disse Steve Simon, presidente e CEO da WTA. "Continuaremos a fornecer uma plataforma global para promover o tênis feminino e alcançar nossa base de fãs em todo o mundo. Estou animado com a conclusão da temporada de 2021 e ansioso para fornecer mais informações sobre o WTA Finals no devido tempo".

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio