Notícias | Dia a dia
Medvedev supera oscilação, cãibras e bate Fognini
28/07/2021 às 02h35
Felipe Priante
De Tóquio, especial para TenisBrasil

Tóquio (Japão) - A primeira partida desta quarta-feira na quadra central foi longa e bastante disputada, terminando com uma suada vitória do russo Daniil Medvedev para cima do italiano Fabio Fognini em sets diretos, com parciais de 6/2, 3/6 e 6/2, depois de 2h26.

Classificado para as quartas de final, o número 2 do mundo terá pela frente o espanhol Pablo Carreño, sexto mais bem cotado, que conseguiu resolver seu duelo com o alemão Dominik Koepfer em sets diretos e 1h56, marcando placar final de 7/6 (9-7) e 6/3.

O duelo entre Medvedev e Fognini foi bem aberto, com o russo jogando melhor no primeiro e último sets e o italiano dominando o segundo. “Tive muitas chances, mas isso é o esporte. No geral foi uma partida dura contra um dos melhores do mundo nesta superfície. Mesmo que tenha perdido, acho que joguei um bom tênis e condições difíceis”, analisou Fognini.

Medvedev abriu o embate com uma quebra no primeiro game e depois ampliou a vantagem no quinto antes de fechar o set inicial. Ele perdeu um pouco de energia na segunda parcial, que acabou nas mãos de Fognini graças a uma quebra no finalzinho. No terceiro e decisivo set, o russo novamente largou melhor, abriu 3/0 e depois ainda teve novo break antes de fechar.

Com altos e baixos dos dois lados, o jogo teve algumas paralisações e reclamações com o juiz. “Eu não falei com Fabio e não tive problema com ele, só não sei se para ele foi o mesmo porque só falava em italiano”, brincou Medvedev. “Temos uma boa relação e acho que, no fim do jogo, senti que não houve qualquer problema”, complementou o russo.

Medvedev também falou sobre os vários atendimentos médicos que pediu durante o jogo e garantiu que estará bem para a sequência do torneio. "O último atendimento foi para cãibras e isso é tranquilo assim que a partida acaba. Antes eu tive um bloqueio no diafragma, mas foi a mesma coisa, nada para se preocupar", garantiu o número 2 do mundo.

"Claro que vou trabalhar com os fisioterapeutas para estar bem amanhã. Como ainda não sei o calendário, pode ser que eu só jogue daqui dois dias. Se não for jogar amanhã é certeza que estarei 100% e se for jogar amanhã tentarei fazer o possível para estar 100%", finalizou,

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio