Notícias | Dia a dia
Com boa defesa de pontos, Cé tem impacto mínimo
26/07/2021 às 18h05

Cé conseguiu defender 40 dos 48 pontos que precisava na semana e só perdeu seis posições

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - As boas campanhas no circuito nas últimas semanas serviram para que Gabriela Cé se mantivesse na mesma faixa de ranking e tivesse um impacto mínimo em um período com muitos pontos a defender. Nesta segunda-feira, a número 2 do Brasil recebeu seus 40 pontos pelo vice-campeonato no ITF W25 de Tarvisio, no saibro italiano, ao mesmo tempo em que perdeu os 48 conquistados numa boa campanha no WTA de Palermo de 2019. Com isso, a gaúcha perdeu apenas seis posições e ficou no 256º lugar.

A semana de Palermo era a que Cé teria mais pontos a defender nesta temporada e oferecia um risco de queda de quase 40 posições. A gaúcha de 28 anos iniciou a temporada na 239ª posição e tem transitado por essa faixa de ranking ao longo da temporada. Quando a WTA começou a descongelar o ranking em abril e retomar o sistema de defesa de pontos, ela chegou a cair para o 284º lugar, mas rapidamente recuperou mais de 40 posições com uma final no ITF W60 de Charleston no fim de junho. Ela também jogou quartas no ITF W25 de Turim há três semanas.

Os próximos períodos críticos em termos de defesa de pontos para Gabriela Cé serão em setembro, quando ela tem 29 pontos de uma semifinal de ITF W60 a defender, e em novembro, com 30 pontos de duas campanhas seguidas até as quartas em torneios do mesmo porte. Mas há uma boa notícia para ela. Um recente acordo entre ITF e WTA possibilitou que as jogadoras possam manter 50% desses pontos, obtidos entre março e dezembro de 2019, por mais 52 semanas, invadindo o calendário de 2022.

Bia e Pigossi sofrem quedas, Carol ganha duas posições
Número 1 do Brasil, Beatriz Haddad Maia perdeu duas posições e agora está no 187º lugar do ranking. Bia estava sem jogar desde o quali de Wimbledon, no fim de junho, mas volta ao circuito nesta semana, disputando o torneio 125 da WTA em Charleston. Já a paulista Laura Pigossi, envolvida na chave de duplas dos Jogos Olímpicos de Tóquio, perdeu oito posições em simples e ocupa o 326º lugar. Quem teve uma boa notícia foi Carolina Meligeni Alves, que ultrapassou duas jogadoras e assumiu a 330ª colocação.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio