Notícias | Dia a dia
Após melhor atuação, Menezes espera novo embalo
24/07/2021 às 13h31

João Menezes mostrou novamente ótima adaptação às quadras duras

Foto: Gaspar Nóbrega/COB

Tóquio (Japão) - O mineiro João Menezes encarou de frente um verdadeiro especialista na quadra dura e ficou muito perto de eliminar o ex-número 3 Marin Cilic, em jogo de muitas alternâncias e um terceiro set emocionante. O número 4 do Brasil sacou para a vitória ainda no segundo set, teve um match-point com saque a favor no terceiro e no total salvou 10 match-points numa batalha notável de 3h23.

"Esta foi a melhor atuação que tive na vida", sintetizou o atual 217º do ranking, que entrou nos Jogos de Tóquio com o título pan-americano de Lima. "Joguei muito bem. Só faltou ganhar. Teve de tudo. Foi impecável o primeiro e o segundo set até o 5/5. Tive 5/4 e saque no segundo, o Cilic tirou quatro pontos incríveis da cartola, jogou muito bem", relembrou sobre seu domínio até sacar para o jogo.

A reação espetacular no terceiro set incluiu um match-point no game anterior ao tiebreak, mas Menezes saiu de cabeça erguida. "Depois, a coisa virou um pouquinho. E no 5/0, 0/40, veio a reação. Ele acabou sentindo, experiente, ganhador de Grand Slam, top 40 hoje em dia e sentiu a pressão", ressaltou Menezes, que no total salvou 10 match-points numa partida de grande qualidade.

"(Perder) faz parte. Saio daqui muito feliz e muito orgulhoso da minha performance e esse jogo pode servir como uma grande energia positiva para o restante da temporada", completou. O mineiro, que voltou a treinar no Itamirim TC, em Itajaí, ainda não tem calendário definido para o segundo semestre, mas deve privilegiar os torneios de quadra dura.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio