Notícias | Dia a dia
Barty já treina em Tóquio após título de Wimbledon
21/07/2021 às 17h22

Apesar da recente lesão no quadril, a australiana está confiante para os Jogos de Tóquio

Foto: Tennis Australia

Tóquio (Japão) - Depois de classificar como um "milagre" sua conquista em Wimbledon, por conta da lesão no quadril que carrega desde Roland Garros, Ashleigh Barty já iniciou a preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio e treina nas quadras duras da capital japonesa. Líder do ranking mundial, a australiana de 25 anos fará sua primeira participação olímpica. As competições de tênis em Tóquio começam no próximo sábado e vão até o dia 1º de agosto.

"Estou muito orgulhosa de fazer parte de uma equipe olímpica australiana. Sempre foi um sonho para mim", disse Barty, que além de jogar o torneio de simples, também atuará nas duplas, ao lado de Storm Sanders. "Acho que representar o meu país é a maior honra. Você joga por algo maior do que você e quer deixar as pessoas orgulhosas. E isso não se faz apenas com resultados, mas também com a atitude".

Barty buscou inspiração em outras australianas que já estiveram nos Jogos Olímpicos, como Alicia Molik (medalhista de bronze em Atenas/2004) e Casey Dellacqua, que competiu nas edições de 2004 e 2008. "Falei com muitos tenistas sobre suas experiências nas Olimpíadas, especialmente com a Alicia e a Casey, e só ouvi coisas positivas e eu queria agarrar essa oportunidade".

"Amo representar a Austrália e usar o uniforme verde e dourado. Acho que experimentei um pouco na Fed Cup. Mas as Olimpíadas obviamente têm muita história. Para os australianos em particular, temos uma história muito rica de nossos atletas olímpicos indo excepcionalmente bem. Espero que toda a nossa delegação, e não apenas a equipe de tênis, possamos orgulhar os australianos que vão assistir de casa".

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio