Notícias | Dia a dia
Semi de Meligeni foi maior destaque olímpico do país
21/07/2021 às 08h00

Com apenas uma participação olímpica, nos Jogos de Atlanta em 1996, Fernando Meligeni teve a campanha de maior destaque da história do tênis nacional na competição. Ele quase não disputou o evento e foi um dos últimos a entrar na chave, mas uma vez no torneio conquistou quatro vitórias, entre elas uma sobre o espanhol Albert Costa e outra sobre o australiano Mark Philippoussis.

Meligeni é o segundo maior vitorioso do país nas Olimpíadas, empatado com o mineiro Bruno Soares, ambos com quatro triunfos, e atrás apenas do mineiro Marcelo Melo, que já venceu seis partidas e tentará ampliar a marca em Tóquio, onde disputará os Jogos pela quarta vez, igualando o recorde de participações do conterrâneo André Sá.

Em sua campanha em Atlanta, Meligeni venceu suas duas primeiras partidas em sets diretos, uma delas contra o cabeça de chave 6 Costa. Nas oitavas ele cedeu um set para Philippoussis, mas seguiu adiante e nas quartas teve que buscar a virada diante do russo Andrei Olhovskiy. Veio então o espanhol Sergi Bruguera na semi e a primeira derrota no evento.

Ainda assim ele teve mais uma chance de medalha, disputando o bronze com o indiano Leander Paes. O brasileiro saiu na frente e venceu o primeiro set, mas acabou levando virada e caiu com parciais de 3/6, 6/2 e 6/4, no que foi a maior campanha nacional nos Jogos Olímpicos.

Oncins também esteve a uma vitória da medalha

Assim como Meligeni, que ficou a uma vitória de conquistar uma medalha olímpica para o país em Atlanta, o paulista Jaime Oncins também ficou bem perto de um feito similar quatro anos antes em Barcelona. Ele foi até as quartas de final nos Jogos de 1992, perdendo batalha de cinco sets para o russo Andrei Cherkasov, que competiu sob a bandeira da Comunidade dos Estados Independentes.

Oncins teria garantido uma medalha para o Brasil se tivesse alcançado as semifinais daquele evento olímpico, uma vez que nos dois primeiros torneios desde a volta do tênis olímpico, em 1988 e 1992, não havia a disputa do bronze e os derrotados nas semifinais automaticamente levavam uma medalha de bronze para casa.

Veja a lista completa dos brasileiros olímpicos no tênis:

Gisele Miró (2 jogos / 1 vitória) - Seul 1988

Luiz Mattar (4 jogos / 1 vitória) - Seul 1988, Barcelona 1992

Ricardo Acioly (2 jogos / 1 vitória) - Seul 1988

Jaime Oncins (6 jogos / 3 vitórias) - Barcelona 1992, Sydney 2000

Andrea Vieria (3 jogos / 1 vitória) - Barcelona 1992

Cláudia Chabalgoity (2 jogos / 1 vitória) - Barcelona 1992

Fernando Meligeni (6 jogos / 4 vitórias) - Atlanta 1996

Miriam D'Agostini (1 jogo / 0 vitórias) - Atlanta 1996

Vanessa Menga (3 jogos / 1 vitória) - Atlanta 1996, Sydney 2000

Guga Kuerten (6 jogos / 3 vitórias) - Sydney 2000. Atenas 2004

Joana Cortez (2 jogos / 1 vitória) - Sydney 2000

Flavio Saretta (3 jogos / 1 vitória) - Atenas 2004

André Sá (5 jogos / 2 vitórias) - Atenas 2004, Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016

Thomaz Bellucci (7 jogos / 3 vitórias) - Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016

Marcos Daniel (1 jogo / 0 vitórias) - Pequim 2008

Marcelo Melo (10 jogos / 6 vitórias) - Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016, Tóquio 2020

Bruno Soares (6 jogos / 4 vitórias) - Londres 2012, Rio 2016, Tóquio 2020

Rogerio Silva (2 jogos / 1 vitória) - Rio 2016

Teliana Pereira (3 jogos / 1 vitória) - Rio 2016

Paula Gonçalves (1 jogo / 0 vitórias) - Rio 2016

João Menezes - estreia em Tóquio 2020

Thiago Monteiro - estreia em Tóquio 2020

Marcelo Demoliner - estreia em Tóquio 2020

Luisa Stefani - estreia em Tóquio 2020

Laura Pigossi - estreia em Tóquio 2020

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG