Notícias | Dia a dia
Pucinelli luta, mas não resiste e para nas semifinais
17/07/2021 às 16h33

Todi (Itália) - Em sua primeira incursão do ano em um challenger, o jovem paulista Matheus Pucinelli fez uma grande campanha, furou o quali no saibro de Todi e foi parar só nas semifinais. A eliminação veio neste sábado em uma dura batalha de três sets e 2h22 de duração contra o espanhol Mario Vilella, definida com placar final de 7/6 (7-4), 3/6 e 6/1.

Atual 409 do mundo, sua melhor marca da carreira no ranking, Pucinelli dará um grande salto com o desempenho desta semana no torneio italiano. Com a semifinal, além de faturar 2.160 euros de premiação, o tenista de apenas 20 anos vai somar 38 pontos na ATP (29 da chave principal e mais 9 do quali), que o farão atingir o 336º lugar na próxima segunda-feira.

Pucinelli mostrou tranquilidade ao ficar com o placar desfavorável no primeiro set, chegou a ver o rival espanhol sacar para fechar em 5/3, mas salvou um set-point, conseguiu devolver a quebra e levou a definição para o tiebreak. Ele venceu os dois primeiros pontos do desempate, mas depois Vilella fez valer a condição de segundo favorito e levou a melhor.

O segundo set não poderia começar melhor para o brasileiro, que obteve quebra logo de cara e abriu 3/0. Firme com os serviços, ele não foi ameaçado uma vez sequer e se manteve na frente até o final, empatando o jogo e levando a definição para a terceira parcial.

Foi então que Vilella tomou as rédeas da partida, se aproveitando também de uma queda brusca no rendimento de Pucinelli no saque, com o brasileiro vencendo somente 25% dos pontos. O espanhol quebrou em todos os games de saque do rival, que só não levou um ‘pneu’ porque obteve um break no terceiro e evitou ficar no zero, mas não escapou da eliminação.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG