Notícias | Dia a dia
Rei dos challengers disputa 1ª semi de ATP em Newport
16/07/2021 às 20h47

Jenson Brooksby, de 20 anos, já venceu três challengers na temporada e tem 91% de aproveitamento nesse nível

Foto: Hall of Fame Open

Newport (EUA) - Depois de se destacar nos torneios de nível challenger durante o primeiro semestre, o norte-americano Jenson Brooksby faz sua primeira boa campanha na elite do circuito e garantiu vaga na semifinal do ATP 250 de Newport. O jovem jogador de apenas 20 anos e 152º do ranking tentará neste sábado alcançar a decisão do torneio que acontece nas quadras do Hall da Fama do Tênis e tradicionalmente encerra a temporada de grama.

Brooksby superou nas quartas de final o alemão Peter Gojowczyk, veterano de 32 anos e 131º do ranking, com parciais de 6/0 e 6/3. Ele agora enfrenta o australiano Jordan Thompson, cabeça 7 da semana e 71º do mundo, que evitou um duelo norte-americano ao superar Maxime Cressy por 6/3 e 7/6 (7-6). Thompson tem um vice-campeonato na grama de 's-Hertogenbosch em 2019, e busca seu primeiro título.

Ao longo da temporada de 2021, Brooksby conseguiu três títulos (Potchefstroom, Orlando e Tallahassee) e um vice-campeonato em torneios de nível challenger, acumulando 21 vitórias em 23 jogos disputados no circuito, com um incrível aproveitamento de 91,3%. Outros dois jogadores têm três títulos de challenger no ano, o argentino Sebastian Baez e o belga Zizou Bergs, mas com menor aproveitamento de vitórias.

Brooksby tinha apenas uma vitória em torneios da ATP antes da ótima campanha em Newport. Ele venceu o tcheco Tomas Berdych na primeira rodada do US Open de 2019. Este ano, também furou o quali de Roland Garros, mas caiu na estreia da chave principal, sendo superado pelo russo Aslan Karatsev.

Os outros semifinalistas de Newport já estavam definidos desde a rodada da última quinta-feira. Principal cabeça de chave do torneio e 37º do ranking, o cazaque Alexander Bublik enfrenta o sul-africano Kevin Anderson, veterano de 35 anos e atual 113º colocado. Anderson já foi número 5 do mundo em 2018 e tem seis títulos de ATP na carreira, enquanto Bublik ainda não tem títulos, já que perdeu as quatro primeiras finais que disputou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva