Notícias | Dia a dia
Pucinelli bate Jarry e faz primeira semi de challenger
16/07/2021 às 12h29

Todi (Itália) - O ótimo momento do paulista Matheus Pucinelli viveu outro capítulo positivo nesta sexta-feira. De virada, ele superou o ex-top 40 do ranking, o chileno Nicolas Jarry, e ganhou o direito de disputar sua primeira semifinal de nível challenger. O placar foi de 3/6, 6/3 e 6/1.

Depois de sucessivas boas campanhas em nivel ITF, Pucinelli arriscou disputar o qualificatório de Todi e passou. Na chave principal, anotou três viradas consecutivas: 1/6, 6/4 e 6/1 contra o local Filippo Baldi por 1/6, 6/4 e 6/1, e nas oitavas eliminou o cabeça 3, o cazaque Dmitry Popko, 185º do ranking, por 3/6, 6/1 e 6/2.

Seu adversário deste sábado será outro nome forte da semana, o italiano Mario Vilella, 178º do mundo, que mais cedo superou o compatriota Giulio Zeppieri, por 6/3 e 6/3. A melhor campanha anterior de Pucinelli em nível challenger foram as quartas em São Paulo em novembro de 2020.

Com os pontos já obtidos, o paulista de 20 anos irá entrar para a faixa dos 340 primeiros colocados no ranking com o 336º posto garantido, colocando-se entre os nove tenistas nacionais mais bem posicionados. Caso atinja a final, deverá superar a faixa dos 320 com a 319ª posição.

Na partida desta sexta-feira, Pucinelli teve chance de quebrar num longo terceiro game, mas acabou falhando em seguida e viu o chileno abrir 4/1. Teve chance de reação no game final, mas não impediu a vitória parcial de Jarry, que tinha altos e baixos no seu serviço.

A partir do segundo set, no entanto, o brasileiro ficou muito consistente e passou a agredir mais nas devoluções. Com quebra no quarto game, saltou para 4/1 e manteve com tranquilidade a vantagem. O set final começou com um duro e importante primeiro game, em que o brasileiro aproveitou a terceira chance de quebra e logo em seguida salvou dois break-points. Com isso, foi a 3/1 e viu Jarry descontrolado, a ponto de ceder mais dois serviços.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva