Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Djoko cauteloso para duelo com 'freguês' Shapovalov
08/07/2021 às 15h05

Londres (Inglaterra) - A segunda semifinal masculina de simples, que acontecerá por volta das 11h de sexta-feira, será mais um daqueles duelos de geração. De um lado estará o sérvio Novak Djokovic, recordista de semanas como número 1 do mundo e cada vez mais perto também do recorde de títulos de Grand Slam. No outro o canadense Denis Shapovalov, 12 anos mais jovem e em sua melhor campanha da carreira em um dos quatro principais torneios do circuito.

Se o histórico individual dos dois tem uma grande diferença, com Djokovic somando 5 títulos em Wimbledon, 10 semifinais e 77 vitórias no torneio, enquanto Shapovalov tem apenas 5 vitórias no All England Club e soma 23 em Slam, o retrospecto direto entre eles também é amplamente favorável para o sérvio, que levou a melhor sobre o canadense nas seis vezes que se enfrentaram até então, perdendo somente dois sets.

Mesmo assim, o líder do ranking prega cautela para encarar Shapovalov. “Sua evolução no circuito tem sido constante, embora muitos já pensassem que ele deveria estar no top 5 ou top 10. O que estava faltando eram grandes partidas e acho que está ficando maduro. Tem um bom saque e se sente à vontade junto à rede. Melhorou também na movimentação e assim comete menos erros, que era um de seus maiores problemas. Tenho certeza de que será o rival mais perigoso que tive até agora no torneio”, disse o sérvio.

Será a primeira vez que eles medirão forças na grama. Dos seis embates anteriores, cinco foram no piso duro e apenas um no saibro. Shapovalov conseguiu tirar um set de ‘Nole’ duas vezes, uma logo no primeiro duelo entre os dois, na terceira rodada do Australian Open de 2019, e outra na temporada passada pelas quartas de final da ATP Cup. Ainda assim, o canadense confia em seu potencial e acredita que pode surpreender.

“Ele é o melhor jogador do mundo, mas acho que tudo é possível. Quando você olhar para o placar no início do jogo de sexta-feira, vai estar 0 a 0. Nada mais importa. É uma partida de tênis e pode ir para qualquer lado. Tenho plena confiança na minha equipe. Tenho uma partida super difícil pela frente, mas eu acredito em mim e no meu jogo, poderei vencer na sexta-feira", falou Shapovalov.

Veja o retrospecto completo entre Djokovic em Shapovalov:

2021 ATP Cup (Austrália), fase de grupos - Sintético - Novak Djokovic, 7/5 7/5
2020 ATP Cup (Austrália), quartas de final - Sintético - Novak Djokovic, 4/6 6/1 7/6(4)
2019 Masters 1000 de Paris (França), final - Sintético coberto - Novak Djokovic, 6/3 6/4
2019 Masters 1000 de Xangai (China), segunda rodada - Sintético - Novak Djokovic, 6/3 6/3
2019 Masters 1000 de Roma (Itália), segunda rodada - Saibro - Novak Djokovic, 6/1 6/3
2019 Australian Open (Austrália), terceira rodada - Sintético - Novak Djokovic, 6/3 6/4 4/6 6/

Comentários