Notícias | Dia a dia
Semi inédita para Hurkacz reforça feitos poloneses
07/07/2021 às 15h27

Londres (Inglaterra) - A vitória desta quarta-feira do polonês Hubert Hurkacz para cima do suíço Roger Federer não colocou apenas seu nome na história por ter imposto ao ex-número 1 do mundo sua pior derrota em Wimbledon, mas também pelos feitos que o atual campeão do Masters 1000 de Miami conseguiu para si.

Disputando quartas de Grand Slam pela primeira vez, o tenista de 24 anos acabou indo também para sua primeira semi neste nível. Ele é apenas o segundo homem polonês da história a ir tão longe em um dos quatro maiores torneios do circuito, repetindo o feito de Jerzy Janowicz, que também foi semifinalista no All England Club em 2013.

Em sua terceira aparição em Wimbledon e 13ª no geral nos Slam, Hurkacz conseguiu um feito raro para os tenistas de seu país. Apenas quatro poloneses antes dele tiveram tal campanha neste nível. Além de Janowicz, a restrita lista conta com Agnieszka Radwanska, com suas cinco semifinais, e Iga Swiatek, que só foi tão longe uma vez, na conquista do título de Roland Garros em 2020.

O triunfo de Hurkacz foi apenas o nono de sua carreira sobre a grama, sendo que cinco deles vieram justamente na campanha de agora em Wimbledon. Em sua preparação para o Grand Slam britânico, o atual 18 do mundo fora derrotado nas estreias em Stuttgart, caindo para o jovem suíço Dominic Striker, e em Halle, superado pelo canadense Felix Auger-Aliassime, que pode ser seu rival na semi.

Na temporada, ele soma agora 20 vitórias e tem como ponto outro ponto alto a conquista do Masters 1000 de Miami, batendo o jovem italiano Jannik Sinner na decisão. O polonês também tem um outro título em 2021, faturando o ATP 250 de Delray Beach logo na primeira semana do ano.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva