Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Sacrifiquei muito para tentar jogar', afirma Kyrgios
04/07/2021 às 15h28

Londres (Inglaterra) - O australiano Nick Kyrgios não conseguiu esconder sua decepção após uma eliminação na terceira rodada de Wimbledon, sendo forçado a desistir do duelo com o canadense Felix Auger-Aliassime no meio. Ele havia vencido o primeiro set e perdido o segundo, quando sentiu que não tinha mais condições de permanecer em quadra e abandonou.

“Quando estava sacando em 4/1, senti meu abdômen, uma distensão abdominal no lado esquerdo", disse Kyrgios, que passou por um atendimento médico quando liderava o placar no primeiro set em 5/2. “Estava ficando cada vez pior. Eu havia feito uma ressonância magnética, coloquei gelo e tentei fazer tudo certo para jogar”, falou o australiano.

“Sacrifiquei muito para estar aqui, para tentar jogar, mas não queria me colocar em uma posição de causar mais danos. Mas eu não teria vindo aqui se não achasse que conseguiria jogar um bom nível. Na verdade, joguei melhor do que imaginava. Se eu respirar profundamente, sinto um desconforto”, complementou o tenista de 26 anos.

Kyrgios passou por outra ressonância magnética e permanecerá em Londres por mais alguns dias antes de seguir para as Bahamas para reabilitação e treinamento. Ele ainda tentará a sorte na chave de duplas mistas, voltando à quadra nesta segunda-feira ao lado da norte-americana Venus Williams, para alegria dos fãs que costumam encher as arquibancadas em seus jogos.

“Quando eu jogo, (os fãs) definitivamente param para ver. Todas as minhas partidas estão lotadas. Acho que é isso que é legal, querem ver como estou jogando e há muito entusiasmo em torno disso. Gostei muito do público esta semana. Parecia que estava jogando em casa, na Austrália. Foi ainda melhor. Então foi legal”, falou o australiano, agradecendo o apoio que recebeu em Wimbledon.

Comentários