Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Medvedev afirma que virada lhe dá confiança extra
04/07/2021 às 11h59

Londres (Inglaterra) - Um dos mais bem cotados na briga pelo título em Wimbledon, o russo Daniil Medvedev quase se despediu precocemente do torneio, mas depois de perder os dois primeiros sets para o croata Marin Cilic, em partida válida pela terceira rodada, ele conseguiu buscar a virada e agora se sente mais perigoso do que nunca.

“Isso vai me dar 100% de confiança extra, consegui a coisa mais difícil no tênis, que é virar uma partida de Grand Slam após perder os dois primeiros sets. É muito complicado, pois você precisa vencer os três sets que tem ainda pela frente”, comentou o número 2 do mundo, que pela primeira vez na carreira virou um jogo após perder os dois sets iniciais.

“Provavelmente se você perdeu os dois sets é porque seu oponente está melhor, então você começa a duvidar mais das suas chances. Então, como é possível fazer isso? Em Wimbledon, em duas ocasiões, consegui forçar o quinto, tive quebra de frente e ainda não consegui vencer. Não é nada fácil chegar a essa situação”, complementou Medvedev,

Além da inédita virada, o russo chega às oitavas de Wimbledon pela primeira vez. “Certamente estava muito forte mentalmente porque continuei pressionando. Comecei a jogar melhor no quarto set e principalmente no quinto. É verdade que ele caiu um pouco em termos de nível. São mudanças de energia, o tênis às vezes é difícil de entender”, falou Medvedev sobre o lado mental na recuperação.

Vice-campeão do Australian Open, no começo do ano, o russo acredita que possa duelar de igual para igual com qualquer um e que também esteja na briga pelos principais títulos, embora reconheça que vencer um Slam nos tempos de Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer seja uma árdua tarefa.

“No US Open 2019 comecei a ser, digamos assim, um jogador do topo. Estava na minha primeira final de Grand Slam e tinha acabado de vencer meu primeiro Masters 1000. Entrei no top 10 e logo depois estava 6 ou 7, foi quando comecei a acreditar que poderia ganhar qualquer torneio. Este pode ser meu ano claro, acredito nisso, embora saiba que é difícil”, finalizou.

Comentários