Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Norrie: 'Será um prazer enfrentar Federer novamente'
02/07/2021 às 09h07

Londres (Inglaterra) - Embora venha em um bom momento no circuito, com vice-campeonato no ATP 500 do Queen’s, o britânico Cameron Norrie acredita que terá um desafio enorme pela frente com o suíço Roger Federer e vai entrar no duelo válido pela terceira rodada de Wimbledon como franco atirador, colocando todo o favoritismo no adversário.

“Roger é uma lenda do esporte. Eu o vejo muito confortável aqui, onde já ganhou muitos jogos, mais do que em qualquer outro Grand Slam. Será um prazer enfrentá-lo novamente. Já jogamos uma vez e ele me destruiu com bastante facilidade”, disse o britânico, que mediu forças com Federer na Copa Hopman de 2018 e foi facilmente superado.

Norrie quer entrar em quadra com a cabeça como ser fosse uma partida como outra qualquer. “Mas preciso ter em mente que o jogo dele se encaixa perfeitamente na grama. Pude assistir à partida contra o Mannarino e ele jogou muito bem, parece muito confortável acho que foi um jogo de alto nível que tenho muito respeito por ele, por tudo que tem feito neste esporte e por esse esporte”.

O britânico relembrou suas sensações no único duelo que travara com Federer até então. “Na Hopman Cup, me lembro bem de entrar na quadra naquele corredor escuro, fui o primeiro. Olhei para trás e lá estava ele andando, com a trilha com luzes e sombras e focado. Eu me senti como se estivesse em um videogame, jogar contra Federer é como jogar um videogame”, disse.

“Foi uma grande experiência, mesmo sendo um torneio de exibição. Ele foi incrível e eu, honestamente, não fui mal, mas mesmo assim acabou com 6/1 e 6/1, se não me engano. Foi avassalador. Eu o vi muito agressivo naquele dia, usando muito o forehand. Foi uma ótima experiência para mim apesar de tudo”, finalizou Norrie.

Comentários