Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Monteiro: 'Não consegui pressionar o saque dele'
30/06/2021 às 21h59

Monteiro não teve break-points e só conseguiu fazer 13 pontos no serviço de Aliassime

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Após a eliminação ainda na rodada de estreia em Wimbledon, Thiago Monteiro avaliou seu desempenho na partida desta quarta-feira contra o canadense Felix Auger-Aliassime. Para o número 1 do Brasil e 81º do ranking, faltou exercer maior pressão nos games de serviço de seu adversário, 19º colocado. Monteiro não conseguiu criar break-points e só fez 13 pontos no saque de Aliassime.

"Foi um jogo duro. Não consegui colocar uma pressão no saque dele e ele controlou muito bem o jogo", disse Monteiro, após a derrota por triplo 6/3 para Aliassime. "Realmente acho que faltou começar bem no início dos sets. Ele sempre saiu com a vantagem, com uma quebra na frente, e acabou jogando mais confortável. Até tive bons momentos, mas já estava com uma desvantagem no placar, o que é muito difícil. Ele estava muito confiante".

Na manhã desta quarta-feira, Monteiro também recebeu a notícia de que havia entrado na chave de duplas masculinas. Ao lado do gaúcho Rafael Matos, que disputará o primeiro Grand Slam de sua carreira, o cearense enfrentará os cazaques Alexander Bublik e Aleksandr Nedovyesov na estreia.

"Conseguimos entrar na dupla e a minha sequência do calendário vai depender do resultado nas duplas, porque estou inscrito no challenger de Salzburg, na Áustria, na semana que vem. Depois jogo o ATP 250 de Bastad, na Suécia, e aí sigo para os Jogos Olímpicos de Tóquio".

Comentários