Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Tsitsipas admite que faltou ritmo de jogo na grama
29/06/2021 às 14h33

Tsitsipas não havia disputado nenhum torneio preparatório na grama

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Eliminado ainda na rodada de estreia em Wimbledon, Stefanos Tsitsipas acredita que a falta de ritmo de jogo na grama acabou sendo um fator determinante para sua derrota precoce no Grand Slam londrino. Depois de disputar a final de Roland Garros, há pouco mais de duas semanas, o grego não atuou em nenhum torneio preparatório na grama, chegando a desistir do ATP 500 de Halle, e acredita que poderia ter incluído um evento no calendário para ter melhor adaptação ao piso.

"Com certeza a falta de jogos foi crucial hoje. A transição do saibro para a grama, na minha opinião, é provavelmente a mais difícil, senão o maior desafio do nosso esporte. Simplesmente não fui capaz de me adaptar", disse Tsitsipas após a derrota para o norte-americano Frances Tiafoe por 6/4, 6/4 e 6/3. "Eu estava pensando que talvez devesse ter jogado em Mallorca ou Eastbourne. Esses torneios teriam me ajudado a estar em melhor forma".

"Não fui capaz de manter a intensidade. Não havia nem mesmo aquele espírito de luta que eu costumo colocar na quadra. Eu gostaria de me ver diferente da próxima vez. Houve momentos em que estive muito mais motivado do que hoje. Mas isso não é motivo para eu não jogar bem", acrescentou jovem jogador de 22 anos e número 4 do mundo.

Tsitsipas também acredita que sua reação na partida foi muito tardia. "Eu meio que comecei a sentir meu jogo um pouco melhor no final do terceiro set. Eu só queria que a partida tivesse começado no terceiro set. Mas era tarde demais. Também errei algumas outras coisas que poderiam ter me ajudado. Quando você tem 2 sets a zero, principalmente na grama, tudo se mede nos detalhes. Não é como no saibro, onde você está perdendo por dois sets a zero, mas é meio que num ritmo diferente e a precisão não é o mais importante. Você pode lutar para sair disso".

Comentários