Notícias | Dia a dia
Derrota no quali decreta fim da carreira de Troicki
23/06/2021 às 19h49

Troicki pretendia encerrar a carreira só no fim do ano, mas decidiu antecipar a aposentadoria

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) - Chegou ao fim nesta quarta-feira a carreira profissional de Viktor Troicki. O veterano sérvio de 35 anos e atual 196º do ranking perdeu um duelo de gerações pela segunda rodada do quali de Wimbledon para o norte-americano Brandon Nakashima, de apenas 19 anos e 138º colocado, por 6/2, 5/7 e 6/3. Inicialmente, Troicki pretendia parar de jogar só no fim da temporada, mas ele decidiu antecipar a aposentadoria e explicou sua decisão na última semana, durante o ATP 500 de Queen's, em Londres.

"Eu decidi que vou parar. Eu pensei muito nos últimos anos para saber se deveria continuar ou não. Mas como eu não estava subindo muito no ranking e não conseguia voltar ao top 100, e também tive problemas físicos e algumas lesões, já com 35 anos, decidi que é o suficiente", disse Troicki, que chegou a ser número 12 do mundo em 2011 e conquistou três títulos de ATP.

"Minha família está em casa e, infelizmente, eles não podem viajar comigo. É difícil viajar hoje em dia devido à quarentena e as bolhas e tudo mais. Eu realmente não gosto disso, de estar longe da minha família e não ver minhas filhas crescerem. Minha vida inteira foi jogar tênis. Conquistei muitas coisas na minha carreira e vivi meu sonho. Posso sentir falta, mas acho que tomei uma decisão sábia neste momento", comenta o sérvio, que conseguiu sua última vitória da carreira na terça, diante do norte-americano Christopher Eubanks por 6/4, 6/7 (6-8) e 7/5.

Troicki já acumulava a carreira de jogador com o cargo de capitão da Sérvia na Copa Davis. Ele também pretende trabalhar na academia de Novak Djokovic. "Já tenho planos. Vou ficar no tênis. Isso é certeza. Sou o capitão da Sérvia na Copa Davis e vou poder me concentrar mais nisso. E outra coisa é que Novak está construindo sua academia em Belgrado, da qual farei parte. É um projeto enorme, algo pelo qual todos estávamos ansiosos. Vamos inaugurar ainda este ano, provavelmente, e estamos trabalhando muito para gerenciar todas as coisas e ter uma academia realmente boa no futuro".

Troicki acumulou uma premiação de US$ 9,2 milhões ao longo da carreira no circuito. Ele venceu o ATP de Moscou em 2010 e bicampeão em Sydney, nas temporadas de 2015 e 2016. Também venceu dois torneios de duplas, e fez parte de equipes da Sérvia campeãs de Davis em 2010 e da ATP Cup em 2020. Ele obteve 294 vitórias na elite do circuito.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp