Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Bia joga por vaga na chave às 11h30 desta quinta
23/06/2021 às 18h39

Bia precisa de mais uma vitória para entrar na chave principal de Wimbledon

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Depois de vencer seus dois primeiros jogos no qualificatório de Wimbledon, Beatriz Haddad Maia precisa de apenas mais uma vitória para garantir vaga na chave principal e voltar a disputar um Grand Slam depois de dois anos. A número 1 do Brasil e 188ª do ranking enfrenta a norte-americana Katie Volynets, jovem de 19 anos e 200 do mundo, a partir de 11h30 (de Brasília) desta quinta-feira.

A última participação de Bia Haddad Maia em uma chave principal de Grand Slam aconteceu em 2019, também em Wimbledon, em que ela alcançou a segunda rodada. Aos 25 anos, a canhota paulista tenta disputar seu sétimo Grand Slam na carreira. Em Londres, também atuou em 2017, novamente parando na segunda fase.

Bia destacou a mudança de postura na vitória desta quarta-feira sobre a belga Ysaline Bonaventure, 128ª do ranking, por 7/6 (7-2) e 6/1. Para a brasileira, que chegou a salvar um set-point na primeira parcial, foi importante jogar de forma mais agressiva a partir do segundo set, e isso fez com que ela tivesse maior controle das ações durante a partida.

"Eu comecei mais passiva no primeiro set, tive que salvar set point e tudo, mas sempre fiquei no jogo. Na grama acontece de tudo e a situação muda muito rápido, então precisei ficar focada o tempo todo", disse Bia, que escapou de um break-point na abertura do segundo set, e depois só perdeu mais um ponto no saque até o fim do jogo. "Quando comecei a comandar o jogo, ser mais agressiva, a situação mudou e fiquei bem mais à vontade em quadra. Estou muito grata por estar jogando e feliz de estar trabalhando duro. Amanhã vem mais uma pedreira pela frente e estou pronta para lutar e fazer o meu melhor".

Adversária está jogando na grama há três semanas
Adversária de Bia nesta quinta-feira, Volynets atingiu o melhor ranking da carreira há uma semana, quando ocupou o 196º lugar. A norte-americana está em sua terceira semana seguida na grama. Ela chegou a furar o quali do WTA de Nottingham, mas não passou da estreia na chave principal. Na sequência, atuou em Birmingham e também caiu na estreia. Já no quali de Wimbledon, venceu a croata Tereza Mrdeza por 6/1 e 6/0 e a britânica Eden Silva por 6/1 e 6/2.

Comentários