Notícias | Dia a dia
Corretja: 'Federer parará se não se sentir competitivo'
23/06/2021 às 12h45

Londres (Inglaterra) - O retorno do suíço Roger Federer ao circuito continua sendo muito debatido, principalmente por causa dos resultados, bem abaixo do que o tenista de 39 conseguiu no decorrer de sua carreira. Para o espanhol Alex Corretja, a volta nunca é fácil e a sequência de Federer no circuito dependerá muito de como ele se sairá nos próximos desafios.

“Isso nos faz perceber como é difícil regressar depois de uma grande lesão. É muito difícil voltar aos 39 anos. Por isso, para mim, tudo o que virá para Roger agora será um presente para ele e principalmente para as pessoas que amam o tênis”, disse Corretja ao Eurosport.

“Nós apenas podemos dizer: ‘OK, jogue o melhor que puder que nós o apoiaremos, porque você nos deu tanto que agora só podemos desfrutar do que está fazendo’. Temos que aceitar sua realidade e ele tem que ver o que decide fazer com sua carreira”, acrescentou o espanhol duas vezes vice-campeão de Roland Garros e ex-número 2 do mundo.

Corretja aposta que o desempenho de Federer nos principais torneios será fator crucial. “Se perceber que está pronto para voltar ao seu melhor nível, vai continuar. Mas se sentir que não pode estar no nível que deseja e não pode ganhar Slams, não acho que ele vá continuar”, comentou o espanhol.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp