Notícias | Dia a dia
Andreescu e Swiatek vencem na grama pela 1ª vez
22/06/2021 às 15h11

Andreescu marcou uma inédita vitória no piso em chaves principais de WTA

Foto: Jimmie48/WTA

Eastbourne (Inglaterra) - Duas integrantes do top 10 e campeãs de Grand Slam conseguiram nesta terça-feira vitórias inéditas em quadras de grama pela elite do circuito. A canadense Bianca Andreescu e a polonesa Iga Swiatek foram muito testadas em suas partidas de estreia no WTA 500 de Eastbourne, mas conseguiram avançar na forte competição preparatória para Wimbledon.

Primeira a entrar em quadra e número 7 do mundo, Andreescu precisou de 2h09 para superar a experiente norte-americana de 29 anos Christina McHale, ex-top 30 e atual 96ª do ranking, por 6/4, 2/6 e 6/2. A canadense de 21 anos enfrenta na segunda rodada a vencedora da partida entre a estoniana Anett Kontaveit e a russa Svetlana Kuznetsova.

Andreescu vinha de uma eliminação na estreia em Berim, e sua experiência anterior na grama se resumia a torneios de nível ITF e qualis de Wimbledon em 2017 e 2018. Há quatro anos, ela até conseguiu passar pelo qualificatório, mas perdeu na estreia da chave principal.

Swiatek precisou reagir no último set da partida

Já a vitória de Iga Swiatek foi ainda mais difícil. Apesar de ter vencido o primeiro set contra a anfitriã Heather Watson, a polonesa de 20 anos e número 9 do mundo permitiu a reação da rival e chegou a estar perdendo o último set por 4/1, com duas quebras abaixo. Ainda assim, não faltou luta para a jovem jogadora, que conseguiu fechar o jogo por 6/4, 2/6 e 6/2 em 2h42 de partida.

"Tenho uma relação de amor e ódio com a grama, então cada vitória que eu conseguir vai me trazer muita confiança, especialmente contra uma jogadora tão experiente como a Watson. Estou muito orgulhosa por ter lutado até o fim, apesar de ter sofrido algumas quebras no início do terceiro set, mas foi incrível para mim", disse Swiatek, que liderou nos winners por 42 a 26 e cometeu 37 erros contra 44 da rival.

"Esta foi a minha primeira vitória na grama na WTA. Joguei a final de duplas em Roland Garros e tive pouco tempo de fazer a transição do saibro para a grama, mas continuei acreditando em mim mesma. Eu me sinto confortável em outras superfícies e tentei implementar isso na grama. Estou muito feliz por ter aguentado mentalmente até o fim", acrescenta a polonesa, que já foi campeã juvenil de Wimbledon em 2018.

A próxima adversária de Swiatek será a russa Daria Kasatkina. Finalista em Birmginham no último domingo, Kasatkina liderava contra a russa Vera Zvonareva por 7/5 e 2/2 antes de a rival abandonar.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva