Notícias | Dia a dia
Svitolina ganha posição importante antes de Wimbledon
21/06/2021 às 19h40

Semifinalista em 2019, a ucraniana ultrapassou Kenin e poderá ser cabeça 4 em Londres

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - A única mudança no top 10 do ranking da WTA divulgado nesta segunda-feira pode impactar diretamente no sorteio da chave de Wimbledon. Elina Svitolina tomou o lugar da Sofia Kenin e assumiu a quinta posição. E como a número 2 do mundo Naomi Osaka já anunciou que não vai jogar, Svitolina poderá a ser a quarta cabeça de chave em Londres.

Svitolina foi semifinalista de Wimbledon em 2019 e estando entre as quatro favoritas, evitaria duelos com as duas primeiras Ashleigh Barty e Simona Halep antes da semi, e só enfrentaria Aryna Sabalenka em uma possível final. Kenin ainda pode recuperar uma posição entre as quatro principais cabeças de chave, já que a presença de Halep (campeã em 2019) ainda é incerta, por conta da recente lesão na panturrilha.

A lista de cabeças de chave seguirá com Bianca Andreescu, Serena Williams e Iga Swiatek. Sete vezes campeã em Wimbledon, Serena é a atual número 8 do mundo e deverá ser a sétima favorita. Já a polonesa Iga Swiatek, nona do ranking poderá ser a oitava favorita e não enfrentar jogadoras em melhor situação antes das quartas.

O ranking atual servirá de base para a definição das cabeças de chave em Londres. Mas diferente do que acontece entre os homens, em que a lista respeitará estritamente as posições do ranking da ATP, a direção de Wimbledon pode fazer eventuais mudanças na lista, com o intuito de equilibrar o torneio. Isso é muito raro de acontecer, mas o expediente já foi utilizado quando grandes nomes voltavam de lesões, como Maria Sharapova (2009) e as irmãs Venus e Serena Williams (2011), e também quando Serena retornava ao circuito após a maternidade em 2018.

Bencic e Azarenka sobem no ranking, Krejcikova cai um pouco
Finalista do WTA 500 de Berlim, a suíça Belinda Bencic ganhou uma posição e assumiu o 11º lugar e ultrapassou Petra Kvitova. Já Victoria Azarenka, que fez semi na capital alemã, ultrapassou duas concorrentes e agora é a 14ª colocada. Já a campeã de Roland Garros Barbora Krejcikova não atuou na última semana e perdeu duas posições, aparecendo agora no 17º lugar.

Samsonova salta 43 posições, Jabeur mantém 24º posto
Maior surpresa do circuito na última semana, a russa Liudmila Samsonova saltou 43 posições com a incrível campanha de sete vitórias seguidas desde o quali até o título em Berlim. Com isso, a jogadora de 22 anos aparece agora no 63º lugar do ranking. Ela recebeu convite para Wimbledon e pode entrar na rota das favoritas já na primeira rodada.

Já a tunisiana Ons Jabeur, que fez história no último domingo ao vencer o WTA de Birmingham e se tornar a primeira mulher árabe a vencer um torneio deste porte, permaneceu na 24ª posição. A vice-campeã Daria Kasatkina só ultrapassou a compatriota Ekaterina Alexandrova e aparece no 34º lugar.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp