Notícias | Dia a dia
Bencic é finalista em Berlim e tenta 2º WTA na grama
19/06/2021 às 08h48

Bencic disputará sua 12ª final da carreira, sendo a quarta na grama

Foto: Divulgação

Berlim (Alemanha) - A suíça Belinda Bencic é a primeira finalista do WTA 500 de Berlim. A jogadora de 24 anos e número 12 do mundo venceu a semifinal deste sábado contra a francesa Alizé Cornet, 63ª do ranking, por 7/5 e 6/4 em 1h47 de partida. Vencedora de quatro títulos de WTA, ela busca seu segundo troféu na grama. O primeiro foi conquistado ainda em 2015, em Eastbourne.

Bencic disputará a 12ª final da carreira e a segunda na temporada, já que ficou com o vice em Adelaide no início do ano. Sua conquista mais recente aconteceu no início de 2019, em Dubai. Ela tem outras duas finais em quadras de grama, em 's-Hertogenbosch (2015) e Mallorca (2019).

A adversária de Bencic na final de domingo virá da partida entre a bielorrussa Victoria Azarenka, ex-número 1 do mundo e atual 16ª do ranking e a surpreendente russa vinda do quali Liudmila Samsonova, 106ª colocada. A suíça perdeu os dois duelos anteriores contra Azarenka e jamais enfrentou Samsonova no circuito.

O resultado também acabou com a grande campanha de Cornet, experiente jogadora de 31 anos e que nunca havia disputado uma semifinal na grama. A francesa havia derrotado duas campeãs de Grand Slam pelo caminho, Bianca Andreescu nas oitavas e Garbiñe Muguruza nas quartas. Ela também havia derrotado a jovem promessa norte-americana Amanda Anisimova na estreia.

Primeira a quebrar na partida, Bencic chegou a liderar o set inicial por 4/2, antes de permitir o empate no oitavo game. A suíça sacou muito bem quando perdia por 5/4 e aproveitou o momento para voltar a quebrar o saque de Cornet. Sacando para o set, a ex-top 10 fez três duplas faltas, mas escapou dos quatro break-points que enfrentou antes de fechar a parcial.

Os altos e baixos continuaram no segundo set. Bencic abriu 2/0 e sustentou a vantagem até o 4/2, mesmo enfrentando alguns games longos em seu serviço, com direito a mais três break-points salvos. Cornet devolveria a quebra no oitavo game com um ponto incrível junto à rede, mas voltaria a perder o saque logo na sequência, permitindo a vitória à rival pouco depois. Mais agressiva em quadra, Bencic liderou nos winners por 29 a 11 e cometeu 19 erros contra 11 de Cornet. A suíça aproveitou seus 4 break-points e salvou oito dos dez que enfrentou.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG