Notícias | Dia a dia
Desistências ajudam Monteiro na corrida olímpica
18/06/2021 às 19h16

Monteiro pode ser beneficiado por ausências e entrar na disputa olímpica em Tóquio

Foto: Arquivo

Tóquio (Japão) - A busca de Thiago Monteiro por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio pode ser facilitada por uma série de mudanças na lista de participantes. Nos últimos dias, vários jogadores estão desistindo da competição, o que aumenta as chances do atual número 1 do Brasil e 83º do mundo. Apesar de estar 23 posições abaixo do esloveno Aljaz Bedene, que ocupa o 60º lugar e é o último a entrar direto, muitos jogadores nesse intervalo são de países já com quatro representantes garantidos.

Na última quinta-feira, os top 10 Rafael Nadal e Dominic Thiem anunciaram que não vão a Tóquio. E no início da semana, o norueguês Casper Ruud e o espanhol Roberto Bautista Agut também haviam desistido. Já nesta sexta-feira, foi a vez do canadense Denis Shapovalov e dos argentinos Guido Pella e Federico Delbonis também declararem publicamente que não vão jogar. Entre eles, apenas Nadal e Bautista Agut seriam substituídos por alguém do próprio país e que esteja entre os 56 melhores do ranking da ATP. Nos demais casos, a lista roda.

+ Nadal não jogará Wimbledon e nem Jogos Olímpicos
+ Thiem desiste das Olimpíadas e foca nos Grand Slam
+ Bautista e Ruud desistem dos Jogos Olímpicos de Tóquio

O búlgaro Grigor Dimitrov, o sérvio Dusan Lajovic, o esloveno Aljaz Bedene e os norte-americanos John Isner, Sam Querrey, Reilly Opelka e Taylor Fritz também já sinalizaram que não devem jogar, bem como o australiano Nick Kyrgios que ainda não saiu de seu próprio país para disputar nenhum torneio este ano. Se confirmadas, Monteiro seria beneficiado e conseguiria uma vaga nas Olimpíadas. Três brasileiros já estão garantidos, o mineiro João Menezes em simples (campeão dos Jogos Pan-Americanos) e os duplistas mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares.

Monteiro já recebeu a vacina oferecida pelo COB
Por conta da possibilidade de classificação para os Jogos Olímpicos e da manifestação de interesse em participar da competição, Monteiro foi um dos atletas já vacinados contra a Covid-19, atendendo ao requisito do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). "Tomei a primeira dose através do COB. Como tenho chances de me classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio, eles disponibilizaram a vacinação para os atletas. Depois de Wimbledon jogarei Bastad e aí provavelmente entrarei em Tóquio, ainda não está garantido. Caso aconteça, com certeza será a realização de um sonho".

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp