Notícias | Dia a dia
Azarenka confirma semi e encara surpresa russa
18/06/2021 às 17h24

Azarenka tenta alcançar a 41ª final de sua carreira no circuito da WTA

Foto: Jimmie48/WTA

Berlim (Alemanha) - O terceiro jogo de Victoria Azarenka no WTA 500 de Berlim foi certamente o mais difícil da semana. Depois das vitórias em sets diretos sobre as alemãs Andrea Petkovic e Angelique Kerber nas fases iniciais, a bielorrussa precisou de três sets e 1h49 para derrotar a norte-americana Jessica Pegula, 26ª do ranking, com parciais de 6/2, 5/7 e 6/4 para chegar à semifinal do torneio alemão em quadras de grama.

Ex-número 1 do mundo e vencedora de 21 títulos de WTA, Azarenka está com 31 anos e ocupa atualmente o 16º lugar no ranking mundial. A experiente bielorrussa ainda não conquistou títulos de simples na grama, embora já tenha disputado uma final no piso ainda em 2010 em Eastbourne. Ela tenta alcançar a 41ª final de sua carreira profissional no circuito.

Azarenka foi dominante durante o primeiro set contra Pegula, ao conseguir uma quebra logo no game de abertura e não enfrentar break-points durante a parcial. A bielorrussa cedeu só quatro pontos em seus games de serviço e ainda voltaria a quebrar para ampliar a vantagem. Azarenka também foi a primeira a quebrar no segundo set e vinha escapando dos momentos de maior pressão sempre com ótimos primeiros serviços em quadra. Assim, chegou a liderar por 4/2.

Pegula viveu seu melhor momento na partida ao vencer 12 pontos em 15 possíveis para devolver a quebra e virar o placar para 5/4. Naquele momento, Azarenka havia cometido uma dupla-falta no quinto break-point que enfrentava no set e no jogo. Pouco depois, a norte-americana voltaria a quebrar e empataria a partida. O terceiro set começou com quatro quebras seguidas até que Pegula confirmasse o serviço para fazer 3/2. Mas logo depois, Azarenka retomou o controle do jogo e fez três games seguidos, antes de definir a disputa em seu saque. A bielorrussa fez 22 a 14 em winners e terminou o jogo com 32 erros contra 23 da rival.

Vinda do quali, Samsonova é a surpresa do torneio

A adversária de Azarenka na semifinal de Berlim é a russa vinda do quali Liudmila Samsonova, jogadora de 22 anos e apenas 106ª colocada no ranking mundial. Dona de um jogo agressivo e com muito peso de bola, a russa superou nesta sexta-feira a norte-americana Madison Keys, outra tenista de golpes muito potentes, por 7/6 (7-4), 2/6 e 7/6 (7-0). O volume de jogo da russa foi tão grande que obrigou Keys a sair de suas características e recorrer aos slices de backhand. Ainda assim, a norte-americana liderou nos winners por 28 a 20.

Samsonova disputa apenas sua segunda semifinal de WTA, repetindo o que havia feito no saibro de Palermo em 2019. Durante a campanha em Berlim, ela derrotou a promessa alemã de 17 anos Noma Noha Akugue e a croata Ana Konjuh no quali, e também superou a tcheca Marketa Vondrousova e a russa Veronika Kudermetova pela chave principal.

Cornet e Bencic na outra semifinal em Berlim
A outra semifinal em Berlim será entre a suíça Belinda Bencic, número 12 do mundo, e a francesa Alizé Cornet, 63ª do ranking. Bencic lidera o histórico de confrontos por 2 a 1. Esse jogo começa às 6h (de Brasília), enquanto Azarenka e Samsonova se enfrentam a partir das 11h.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva