Notícias | Dia a dia
Djokovic garante mais 4 semanas como número 1
09/06/2021 às 11h01

Paris (França) - Com a derrota nas quartas de final, o russo Daniil Medvedev perdeu a oportunidade de tentar chegar ao topo do ranking mundial. Para esse salto, ele precisaria pelo menos atingir a final de Roland Garros, mas acabou eliminado na terça-feira pelo grego Stefanos Tsitsipas.

Com isso, o sérvio Novak Djokovic já garantiu pelo menos mais quatro semanas como número 1, o que eleverá seu total para 328, recorde absoluto para o tênis masculino desde que o sistema matemático foi criado pela ATP em agosto de 1973.

+ Confira a tabela de semanas como número 1
+ Veja todas as trocas de liderança do ranking

Atual campeão de Wimbledon, que não foi disputado em 2020, Djokovic não poderá somar pontos na edição 2021 e assim terá de disputar a posição para a lista que sairá no dia 12 de julho. Ao mesmo tempo, ele tem garantidos 1.000 pontos qualquer que seja sua campanha até a semifinal do Grand Slam da grama.

Djokovic superou a marca do suíço Roger Federer no dia 8 de março de 2021, ao totalizar 311 semanas como líder. Desde que atingiu o topo pela primeira vez, em 4 de julho de 2011, seu maior reinado foi de 122 semanas, entre 7 de julho de 2014 e 6 de novembro de 2016.

Briga no ranking da temporada
O sérvio também disputa durante Roland Garros a dianteira no ranking da temporada, que por enquanto tem a liderança do grego Stefanos Tsitsipas. Já classificado para a semi, ele totaliza 4.080 pontos. Se também atingir a penúltima rodada na tarde desta quarta-feira, Djokovic chegará a 3.890.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva